Prefeito de Sussuapara reduz seu salário, do vice e dos secretários
Publicado por: Iago Sousa | Data: 08/02/17
Comments 0

Prefeito de Sussuapara reduz seu salário, do vice e dos secretários

A Câmara Municipal de Sussuapara apreciou no último dia 03, sexta-feira, em sessão extraordinária e em segunda e última votação, projetos de lei do Executivo, enviados pelo prefeito Edvardo Antônio da Rocha (PP) no mês passado. Um deles, de número 002/2017, o chefe do Executivo Sussuaparense reduz os subsídios pagos ao prefeito, ao vice-prefeito e aos secretários municipais. O outro, de número 003/2017, atualiza o valor do piso salarial dos profissionais do magistério da rede municipal de ensino.

Aprovado por unanimidade, o projeto 002/2017 reduz o subsídio do prefeito de R$ 13.000,00 para R$ 12.000,00; do vice-prefeito de R$ 6.500,00 para R$ 6.000,00 e dos secretários municipais de R$ 2.400,00 para R$ 2.200,00. Os valores fixados pelo referido projeto de lei devem ser pagos em parcela única e mensal, sendo que seus efeitos são retroativos ao dia 1º de janeiro de 2017.

Na justificativa, o prefeito Edvardo Rocha destaca que o país passa por grave crise financeira, principalmente os entes da federação e por esse motivo adequou os subsídios à realidade financeira do município, levando em conta também os limites prudenciais estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal.

Também por unanimidade, na segunda votação, a Câmara aprovou o projeto 003/2017, atualizando o piso dos profissionais do magistério da rede municipal, seguindo Portaria Ministerial que concedeu reajuste de 7,64% nos salários dos professores a partir deste ano. Com isso o menor salário a ser pago ao professor de nível médio, com carga horária de 40 horas semanais é de R$ 2.298,80. O valor, no entanto, varia de acordo com a carga horária, nível de instrução e tempo de serviço do profissional.

Picos40Graus

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Município de Caridade do Piauí está sem água há mais de 4 dias

O município de Caridade do Piauí, está sofrendo devido à falta de água. A informação é do vereador e presidente da Câmara de Caridade, Wellington Santos, que reclama que a

POLÍTICA

Governador vai a São Paulo acompanhar julgamento do STF e diz: “queremos Lula livre”

O governador Wellington Dias (PT) confirmou nesta terça-feira (3) que irá a São Paulo acompanhar o julgamento do habeas corpus ao lado do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nesta

NOTÍCIA DESTAQUE

Vítima de feminicídio no PI disse em mensagem que tentou denunciar ex à polícia

Em mensagens online enviadas à irmã no dia 20 de abril, a cabeleireira Aretha Dantas contou que tentou denunciar o ex-namorado, preso suspeito de matá-la no dia 15 de maio. Nas mensagens,