Estudantes bloqueiam entrada da UFPI
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 15/05/19

Estudantes bloqueiam entrada da UFPI

Os estudantes do campus Ministro Petrônio Portella, da Universidade Federal do Piauí (UFPI), interditaram a entrada da instituição, na tarde da terça-feira (14), em protesto contra o contingenciamento de verbas anunciado pelo Ministério da Educação. Durante o ato, os universitários gritavam “A educação é o futuro da nação”. Nesta quarta-feira (15), estudantes de instituições federais de ensino de todo o Brasil vão realizar a Greve Nacional da Educação.

Em Teresina, o ato está previsto para as 9h da manhã, na Praça da Bandeira, em frente ao prédio do INSS, para exibição de cartazes e disponibilização de informações para a população.

Crédito: Ananda Soares

Não é a primeira vez que a estudante do último período de Comunicação Social – Jornalismo, Joana D’Arc Correia Almeida, participa de atos pela educação. Ela veio de escola pública e afirma que vem reivindicando direitos básicos desde o Ensino Médio. Já participou de outras manifestações nacionais e garante a importância da participação do corpo estudantil para garantir direitos.

“Talvez não vá ocorrer uma assembleia geral que consiga tirar movimentações definitivas contra o governo, mas acredito que vai ser um ato para mobilizar o povo, chamar para a rua para entender o que está acontecendo e mostrar o porquê de não poder cortar orçamento para educação. A pesquisa e extensão da universidade são importantes e as fundações dela precisam ser defendidas”, argumenta.

Crédito: Ananda Soares

Na semana passada, o reitor da UFPI, Arimateia Dantas Lopes, informou que se continuar mantido o contingenciamento dos recursos, a instituição fechará as portas em setembro. O bloqueio de mais de R$ 33 milhões de reais representa quase 50% do orçamento da UFPI para o período entre maio e dezembro de 2019.

Serão cortados R$ 1,5 milhão de programas de pesquisa, ensino e extensão e R$ 2,8 milhões que financiam o funcionamento de três escolas vinculadas, que são os Colégios Agrícolas de Teresina, Floriano e Bom Jesus. Também haverá o bloqueio de R$ 28,7 milhões para funcionamento do ensino superior.

O ato, em sua maioria, está sendo organizado e divulgado pelas Centrais Sindicais do Estado, como a Central Única dos Trabalhadores (CUT), e por organizações autônomas que incluem artistas, comitês de bairro e comunidades de estudantes.

“Este ato chama para reivindicar para que os cortes não sejam feitos, porque os cortes nas universidades públicas, nos institutos federais e nas fundações públicas, hoje em dia, quer dizer cortar a saúde, lazer, oportunidade de emprego e diploma do povo”, afirma a estudante Joana D’Arc.

Crédito: Ananda Soares

Allícia Nascimento, também estudante de Jornalismo, está no 5º período e comenta que seu curso se organizou, realizando uma assembleia para discutir a paralisação. “O ato não é só nosso, não é só do movimento estudantil, é também dos demais trabalhadores. A gente vai em busca não só de defender a nossa universidade como estudantes, como também para defender o trabalho de todos os terceirizados que fazem parte da universidade e que estão correndo o risco de perder seu emprego. É importante que amanhã todo mundo que preze pela educação, principalmente do povo preto e do povo pobre, vá às ruas lutar pelo direito de todos nós”, convoca.

 

 

 

Fonte: Meio Norte


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Bandidos clonam celulares de prefeitos e ex-secretários estaduais do PI e aplicam golpes

Quatorze prefeitos, dois ex-secretários estaduais tiveram os números de seus celulares clonados durante o mês de junho no Piauí. Os golpistas conseguiram obter o controle do aplicativo de mensagens dos

DESTAQUES

Jaicós realiza a I Feira da Agricultura Familiar e do Agronegócio

O município de Jaicós, que sedia uma das maiores e mais tradicionais feiras livres do interior do Estado, realiza nesta sexta-feira (5), no centro comercial da cidade, a primeira Feira

DESTAQUES

Fenômeno volta a aumentar as condições de chuva no Piauí

Uma massa de ar seco estava predominando no Nordeste do Brasil nos últimos dias inibindo as condições de chuva em grande parte dos estados. Com a presença da Zona da