Estudantes Piauienses competem na Olimpíada de Astronomia e Astronáutica
Publicado por: Junior Oliveira | Data: 22/05/17

Estudantes Piauienses competem na Olimpíada de Astronomia e Astronáutica

O interesse por disciplinas de exatas, como Matemática e Física, nem sempre vem de forma fácil para estudantes do ensino fundamental e médio. Por serem mais abstratas, exercícios práticos podem ser bons aliados e alimentar o interesse dos estudantes por essas áreas do conhecimento.

Em Teresina, estudantes de escolas municipais participaram da 20ª edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia e Aeronáutica (OBA), realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) entre alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio em todo o território nacional. A OBA objetiva fomentar o interesse dos jovens por Astronomia, Astronáutica e ciências afins, além de difundir conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa.

“Tivemos mais de 10 escolas representadas pelo projeto Cidade Olímpica. Pedimos autorização ao comitê e fizemos os lançamentos dos foguetes no sábado, dia 20, para que mais escolas pudessem estar presentes. Os estudantes têm muito interesse em participar, desde a confecção ao lançamento. Ensinamos a técnica básica, e a criatividade fica por conta deles, desde que sigam o regulamento”, explica Regina Ibiapina, coordenadora da área de astronomia do Cidade Olímpica.

Segundo Regina, escolas como Conselheiro Saraiva, Clidenor de Freitas, Mascarenha de Morais, Valter Alencar, 15 de Outubro, Nossa Senhora do Perpétuo do Socorro, Eurípedes de Aguiar, dentre outras, marcaram presença no lançamento dos foguetes no último sábado.

“Os estudantes veem na prova prática algo diferente, emocionante. É muito divertido de acompanhar, só estando lá para saber como é. Nosso combustível é água e a bomba de pressão, e eles ficam maravilhados em conseguir lançar foguetes tão alto apenas com isso. Desperta o interesse, o entusiasmo, e cria uma nova alma na cabeça dos meninos que são de escolas públicas, onde tantas vezes faltam equipamentos. Quando eles têm uma possibilidade como essa, é um brilho que cria em torno do aprendizado”, ela complementa.

Ao final da Olimpíada, todos os alunos recebem certificado de participação impresso com o seu nome e, caso ganhe, a medalha correspondente. Todos os professores envolvidos no processo e, além dos gestores escolares, recebem os seus certificados.

 (Crédito: Regina Ibiapina)

 (Crédito: Regina Ibiapina)

Fonte: Meio Norte

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Mulher é encontrada morta com perfurações de faca em cidade do Piauí

Na manhã desta terça-feira (07/05), o corpo de uma mulher identificada como Antônia Maria de Sousa Silva, de 23 anos, foi encontrado em uma região de piçarra, no bairro São

DESTAQUES 0 Comments

Aposentado leva golpe de quase R$ 2,5 mil no norte do Piauí

Dois estelionatários que se apresentaram como produtores do Programa do Gugu, aplicaram um golpe em um idoso e levaram a quantia de R$ 2.350,00. O fato aconteceu na manhã desta