Ex-presidiário é preso com arma de fogo em Paulistana
Publicado por: | Data: 08/11/19

Ex-presidiário é preso com arma de fogo em Paulistana

No início da tarde desta quinta-feira (07), por volta de 12h10, um ex-presidiário identificado como Jociel de Brito Sousa, de 42 anos, foi preso acusado de porte ilegal de arma de fogo no bairro Arapiraca, em Paulistana.

A Força Tática estava realizando rondas pela região, quando os policiais perceberam um indivíduo em atitude suspeita pilotando uma motocicleta de cor branca, sem placa. O motoqueiro ao visualizar o carro da polícia, empreendeu fuga pelas ruas da cidade.

A perseguição só terminou na PI 459, que liga Paulistana ao povoado Tigre. Nesse momento, o acusado abandonou a motocicleta, se desfazendo de uma mochila, e empreendeu fuga novamente no sentido de uma roça, mas foi contido pela guarnição.

Dentro da bolsa foi encontrada uma espingarda calibre 28, com cinco cartuchos intactos. Para a polícia, ele confessou ser o proprietário da arma de fogo e relatou que já havia sido preso no ano de 2006, em São Paulo, pelo crime de roubo.

A arma e a motocicleta foram apreendidas e o suspeito foi encaminhado para a 12º Delegacia Regional de Polícia Civil de Paulistana, para a realização dos procedimentos necessários.

Fonte: GP1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA 0 Comments

MP registra 200 crimes envolvendo adolescentes em dois meses no Piauí

É cada vez mais comum a presença de menores envolvidos com a criminalidade. Somente em Teresina, cerca de 200 processos envolvendo crianças e adolescentes foram registrados entre os meses de

POLÍCIA

QUEIMADA NOVA | Bandidos explodem Bradesco, mas não conseguem levar dinheiro

Por volta de 2:30 horas da madrugada desta quinta-feira (09), homens armados explodiram um posto de atendimento do Banco do Bradesco na cidade de Queimada Nova do Piauí. De acordo

DESTAQUES

Pai morre e filho perde a perna em grave acidente na BR-343

No início da noite de domingo (22), um trágico acidente vitimou um homem identificado como Amadeu e deixou seu filho, identificado como Leo gravemente ferido em Campo Maior ao colidirem