Familiares se despedem de jovem goleiro morto no Ninho do Urubu
Publicado por: Willians Sousa | Data: 10/02/19

Familiares se despedem de jovem goleiro morto no Ninho do Urubu

Centenas de pessoas entoando hino do Flamengo, a plenos pulmões, entre nós na garganta e soluços. Foi a imagem de quem estava no enterro de Christian Esmério Cândido, 15 anos, uma das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, na tarde deste domingo, no Cemitério de Irajá, Zona Norte do Rio.

O pai precisou ser acodido. Ficou um tempo observando tudo à certa distância, mas não demorou para querer estar mais perto e se despedir do filho. Pessoas passaram mal, além da forte emoção, a temperatura média de 31 ºC, mas a sensação térmica era bem maior.

Entre hinos de louvor e cantos de torcida, familiares, amigos, fãs e solidários encheram as vias do cemitério para se despedir do atleta em ascensão.

“O Christian era um menino diferenciado, a gente sabia que ele ia chegar. Dava pra ver que ele ia ser um profissional de verdade”, afirma Manoel Carlos Soutello da Cunha, roupeiro do Madureira (clube que o goleiro despontou) há 11 anos e que conhece Christian desde que o jovem tinha oito anos. “Os meninos do Madureira eu trato como filhos. A gente abraça essas crianças como se fossem nossas. Estou perdendo um filho. Estou perdendo um filho”, repete o roupeiro com a voz visivelmente embargada.

Dois ônibus foram fretados para trazer amigos e familiares. Coroas de flores da CBF e da diretoria do CT do Flamengo também foram enviadas. O caixão estava coberto com a bandeira do Flamengo e a camisa do jogador.

No fim do enterro, a impressão que dava era de que as pessoas não tinham acreditado no que aconteceu. Elas não queriam sair da área onde o corpo foi enterrado. Uma amiga do atleta, que não quis se identificar, frisou o sentimento dela.

“Vou lembrar dele como ele era: brincalhão, extrovertido. Ele prometeu fazer a lipo de uma amiga (risos) quando estivesse em uma situação melhor. Se ele estivesse vivo, agora, estaria zoando todo mundo. A gente já tinha até a coreografia de carnaval pronta e ensaiada. Na última segunda-feira ele estava dançando até o chão. É desse jeito feliz que ficará para sempre lembrado”, diz.

Fonte: O Dia

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Governador autoriza R$ 1,2 milhões para calçamento e abastecimento de água em Patos do Piauí

O prefeito de Patos do Piauí, Agenilson Teixeira, município distante cerca de 417 quilômetros de Teresina, localizado na região do semiárido piauiense, esteve reunido com o governador Wellington Dias, nesta

DESTAQUES

80% dos dos frangos vendidos no Piauí não são inspecionados

Cerca de 80% dos frangos comercializados no Piauí não são inspecionados. A informação é da  Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi). Na semana passada, o órgão em parceria com

MUNICÍPIOS

Piauí tem 1.200 desabrigados em oito municípios

Levantamento da Defesa Civil constatou que nesta sexta-feira (13) mais de 1.200 pessoas estão desabrigadas com as chuvas no Estado. As situações mais críticas são em áreas da zona rural