Homem mata colega a tiros, tenta fugir e é morto a facadas por testemunhas em bar no PI
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 02/12/19

Homem mata colega a tiros, tenta fugir e é morto a facadas por testemunhas em bar no PI

Uma discussão em um bar no Povoado Soinho, Zona Rural Leste de Teresina, terminou com a morte de dois homens: Francisco Willians Dias da Silva e Wellington Ferreira dos Santos. Segundo a Polícia Militar, Francisco matou Wellington a tiros e foi morto, em seguida, quando tentava fugir, por pessoas que testemunharam o crime. O caso aconteceu no fim da tarde desse domingo (1º), por volta das 17h.

De acordo com o coronel Jacks Galvão, comandante do 5º BPM, uma discussão teria se iniciado quando os suspeitos bebiam juntos no “Bar do Tota”. Francisco Willians Dias da Silva estava portanto uma pistola e efetuou dois disparos em Wellington Ferreira dos Santos, que morreu no local. Ainda não se sabe o motivo da discussão.

Em seguida, de acordo com o coronel, a arma utilizada por Francisco Willians falhou e o suspeito tentou fugir do local, mas foi perseguido por outras pessoas que testemunharam o assassinato de Wellington, e Francisco acabou sendo morto a facadas.

Os suspeitos de realizar o segundo assassinato ainda não foram identificados. O caso foi repassado para o Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: G1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Legislativo em Foco

Vereadores de Jaicós reivindicam melhorias para a cidade e o interior. Veja!

A Câmara Municipal de Jaicós realizou, na manhã desta sexta-feira, 30 de agosto, no plenário deputado Humberto Reis da Silveira, a 75ª sessão ordinária da atual legislatura. Os trabalhos foram

POLÍCIA

Polícia prende dupla suspeita de arrastão a empresa no Piauí

Policiais do 5º Distrito Policial prenderam na tarde desta quarta-feira (26) dois suspeitos de assaltar a empresa Só Ferro localizada na avenida dos Expedicionários, zona Leste de Teresina, no dia

DESTAQUES

Amapi diz que extinção de zonas eleitorais fragiliza a fiscalização de crimes

Magistrados e representantes do Ministério Público do Estado, servidores da Justiça Eleitoral protocolaram um requerimento para tentar barrar a extinção de zonas eleitorais proposta pela portaria nº 372/2017 da presidência