Preço baixo do mel atinge apicultores de Alegrete, Belém, Vila Nova, Campo Grande, Jaicós e região; produtores pedem socorro
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 05/06/19

Preço baixo do mel atinge apicultores de Alegrete, Belém, Vila Nova, Campo Grande, Jaicós e região; produtores pedem socorro

A apicultura, uma das atividade mais importante atualmente na microrregião de Picos, incluindo Jaicós, Campo Grande, Alegrete do Piauí, Belém do Piauí e demais, vinha gerando renda para as famílias da região, a mais destacada das atividades na área rural nos últimos anos, com a exportação do mel local para vários países da Europa e EUA.

Todavia, em 2019 os apicultores enfrentam problemas e dificuldades por causa do baixo preço do mel e até mesmo pela baixa produção em decorrência de problemas nas floradas durante o inverno.

Os pequenos e médios apicultores, principalmente, estão precisando de apoio do Governo Federal e estadual em busca de espaço no mercado e de condições para produção de mel neste ano, pois, enquanto em 2017 e 2018 o mel chegou a R$ 13,00 kg, esse ano de 2019 os apicultores estão sendo obrigados a vender sua produção a R$ 4.00 kg, causando prejuízos aos inúmeros apicultores que sobrevivem na região.

Um exemplo desses pequenos apicultores da região é o Senhor Francisco de Assis Sousa Bezerra, conhecido como Diassis e sua esposa Joana Leni, da Cidade de Alegrete do Piauí. O casal está sofrendo com as consequências dos baixos preços do mel, diante de vários problemas ocasionados ao mel orgânico produzido no Piauí, conforme fotos do processo de extração do mel das colmeias, disponibilizadas pela Casa do Mel da Família em Alegrete do Piauí.

A crise esta tão grande, que os produtores da microrregião de Picos costumam todo ano migrar para o Estado do Maranhão, processo de migratório esse que esta em risco, diante do baixo preço do mel, da falta de apoio e investimentos do governo federal e estadual principalmente, pois, o Estado do Piauí tem aumentado a fiscalização no transporte do mel e das colmeias, e, reduzido cada vez mais os incentivos aos apicultores, conforme informações de alguns produtores locais como Jorge Sousa Bezerra (Belém do Piauí -PI), Elias José de Sá (Campo Grande do Piauí – PI), Francisco de Assis Sousa Bezerra (Alegrete do Piauí – PI) e Rafael Arc Pio Bento (Vila Nova – PI).

A apicultura é uma das atividades de suma importância a civilização humana, por causa da polinização dos campos e das florestas, ajudando ao equilíbrio das espécies de árvores, pois, graças ao trabalho de coleta de pólen e néctar, um lindo processo onde as abelhas voando de flor em flor, polinizam as flores e promovem a sua reprodução cruzada. Além de permitir a reprodução das plantas, esse trabalho também resulta na produção de frutos de melhor qualidade e maior número de sementes.

Fonte: Apiário e Casa de Mel Diassis/Francisco de Assis Sousa Bezerra/Jorge Sousa Bezerra/Elias José de Sá/Rafael Arc Pio Bento via DiarioGM

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

JAICÓS | Escolas municipais serão equipadas com 1870 kits escolares e 37 centrais de ar

A rede educacional do município de Jaicós alcançou mais um importante conquista. Com o intuito de oferecer mais conforto aos discentes e docentes, a Prefeitura Municipal de Jaicós, através da

GERAL

BELÉM | Prefeitura capacita servidores da Saúde para implantação do Prontuário Eletrônico do Cidadão

A Prefeitura de Belém do Piauí, por meio da Secretaria Municipal  de Saúde está realizando  nesta quarta, 20, a capacitação  dos profissionais da pasta para a implantação efetiva do Prontuário

DESTAQUES

1420 famílias serão beneficiadas pela Operação Carro Pipa em Belém do Piauí

Através de uma solicitação do município, nos dias 18, 19 e 20 de fevereiro, uma equipe do 25º Batalhão de Caçadores, esteve no município de Belém do Piauí para realizar