Sancionada lei que muda investigações do Ministério Público do PI
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 14/11/17

Sancionada lei que muda investigações do Ministério Público do PI

O governador Wellington Dias (PT) sancionou Lei Complementar de nº 227, de 9 de novembro, que trata sobre as investigações realizadas pela Corregedoria Geral do Ministério Público do Estado do Piauí. A lei foi apresentada pelo procurador-geral de justiça Cleandro Moura e é feita uma mudança na Lei Orgânica do MP.

Uma das mudanças na lei é no artigo 25, que trata sobre as fiscalizações da conduta dos membros do órgão, onde antes havia a opção de apenas instaurar uma sindicância ou processo disciplinar, agora como forma de fiscalização também terá o Pedido de Providências.

Só será determinada a instauração de sindicância ou processo administrativo disciplinar se o Pedido de Providências concluir a existência de indícios da prática de infração disciplinar.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Governador Wellington Dias Governador Wellington Dias

O Pedido de Providências deverá ser instaurado a partir de representação, reclamação, notícia ou conhecimento de ofício de irregularidade referente à atividade funcional ou à conduta de membro do Ministério Público, ocasião em que serão incluídas todas a informações e documentos que possam servir à apuração do fato e da autoria, sendo liminarmente arquivada se o fato narrado não constituir em tese, infração administrativa ou penal.

Além disso, a autoridade responsável não poderá se negar a receber representação, reclamação ou notícia de irregularidade referente à atividade funcional ou à conduta de membro do Ministério Público, desde que devidamente formalizadas, ainda que sejam apresentadas verbalmente à Corregedoria. Após a instauração do Pedido de Providências o investigado será intimado em até 10 dias.

  • Foto: Lucas Dias/GP1Cleandro MouraCleandro Moura

Outro ponto é que em correição ou visita de inspeção, onde verificar-se a violação dos deveres impostos aos membros do Ministério Público, quando no curso da investigação, ou mediante acusação documentada, o órgão de correição deverá verificar possível ocorrência de infração disciplinar e comunicará imediatamente ao corregedor para que seja instaurado Pedido de Providências.

Os procedimentos disciplinares ocorrerão em segredo até a sua decisão final, a ele só tendo acesso o sindicato ou o acusado, o seu defensor, os membros da respectiva comissão sindicante ou processante e os membros com delegação para realizar atos instrutórios.

Fonte: GP1

Foto destaque: reprodução

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Padre Marcos

Valdinar visita as escolas do município de Padre Marcos

Na manhã deste domingo, 15,  o Prefeito de Padre Marcos, José Valdinar da Silva, acompanhado do Secretário de Educação do Município, Eraldo Carvalho Gomes, fizeram visitas a várias escolas no

Massapê do Piauí

Em Massapê do Piauí, novo sistema de abastecimento vai levar água a 400 pessoas na zona rural

No município de Massapê do Piauí, o Governo Municipal tem trabalhado para amenizar os efeitos da prolongada estiagem que afeta os municípios situados na região do Semiárido Piauiense. Recursos tem

DESTAQUES

PICOS | Carro capota, motorista é arremessado contra casa e morre

Por volta das 17h deste domingo (19) o jovem Adão dos Anjos Lopes, 25 anos, natural da cidade de Bocaina morreu em um grave acidente de carro na altura da

Belém do Piauí

Shows atraem multidão ao 22º aniversário de Belém do Piauí; veja fotos

A quarta-feira, 14, último dia da programação comemorativa aos 22 anos de emancipação política de Belém do Piauí, se destacou, também, pela realização dos shows de forró. Esse ano, três

DESTAQUES

Mãe é suspeita de assassinar o filho após suposta briga por política

Uma mãe é suspeita de assassinar o próprio filho, identificado como Idelfonso, no município de Boa Hora, ao Norte do Piauí. O crime teria motivações políticas. O filho apoiava o

DESTAQUES