Suspeita de matar pai e filho em tiroteio no Piauí confessa crime em rede social
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 16/05/18

Suspeita de matar pai e filho em tiroteio no Piauí confessa crime em rede social

Uma mulher, apontada como suspeita de matar dois homens em uma troca de tiros na PI-140, em Floriano, Sul do Piauí, na sexta-feira (11), confessou o crime através de publicações feitas em uma rede social. Segundo a polícia, as publicações no Facebook se unem a outras provas que a própria polícia já tinha. As duas vítimas eram pai e filho de 37 e 18 anos respectivamente.

De acordo com o delegado Bruno Oliveira, não há novas informações sobre as investigações sobre o caso. “No momento, o que sabemos é só a confissão da suspeita através das redes sociais e que é verídico. No mais, não há mais novas informações. Estamos prosseguindo com as investigações” disse o delegado.

Mulher confessou crime em publicação pelo dia das mães (Foto: Reprodução / Facebook)

Em uma primeira publicação a mulher faz uma homenagem à mãe e afirmou ter matado o homem por vingança. Ela escreveu no mesmo texto que a segunda morte aconteceu porque o homem tentou matá-la. A mulher disse ainda que o homem que estava com ela não participou dos crimes.

Em outra publicação a mulher reafirma que amigo não participou das mortes (Foto: Reprodução / Facebook)

Em outra publicação a mulher reafirma que amigo não participou das mortes (Foto: Reprodução / Facebook)

Suspeito preso

Na segunda publicação a mulher explicou a participação do homem que estava com ela no momento do crime. No texto, ela afirmou que ele não participou das mortes e reafirmou ser a responsável pelas mortes dos dois homens.

Os policiais militares encontraram um homem que seria suspeito de ter atirado contra as vítimas. “Uma guarnição conseguiu pegar uma pessoa a três quilômetros do local. Ele estava baleado e já estava na garupa de uma moto. Essa pessoa foi conduzida para o hospital”, contou o comandante da Polícia Militar em Floriano. O homem foi levado ao Hospital Regional Tibério Nunes, onde passou por cirurgia.

O delegado afirmou ainda que a mulher já foi presa em Uruçuí, também no Sul do Piauí. “A gente já tinha o nome dela e conhecíamos ela por ter sido presa em Uruçuí. Quando surgiu o nome dela a gente fez investigações e constatamos que ela fez a confissão”, comentou Bruno Oliveira. Ele explicou que a troca de tiros e as duas mortes foram motivadas por vingança. “O pai dela foi morto pelo mais velho. Não temos ainda o destino dela”, afirmou.

Fonte: G1

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Padre Marcos

PADRE MARCOS | Previdência retém recurso do FPM e deixa conta zerada

Foi creditado nesta terça-feira, 10, o dinheiro referente ao primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios desta nova gestão. No município de Padre Marcos, porém, a conta do FPM

DESTAQUES

Exército vai atuar com 160 homens no combate ao Aedes aegypti no Piauí

O Piauí contará com apoio de 160 militares do Exército Brasileiro para atuar no combate ao mosquito Aedes aegypti, no período de janeiro a abril de 2017. A estratégia vai

DESTAQUES

Tráfico de drogas aumentou 44,6% em um ano no Piauí

O tráfico de drogas no Piauí aumentou 44,6% em 2015, o que configura ter sido a modalidade de crime que mais cresceu no Estado, aponta o Anuário de Segurança Pública,

Jaicós

JAICÓS | Deputado Júlio César vai orientar agricultores sobre descontos de empréstimos rurais

O prefeito do município de Jaicós, Ogilvan da Silva Oliveira, o Neném de Edite – PSD, anunciou que o deputado federal Júlio César (PSD), visitará o município de Jaicós no

DESTAQUES

Funcionária do Banco do Brasil e filhos são feitos reféns por 14 horas

A tesoureira da agência do Banco do Brasil da Ceapi, zona sul de Teresina, de iniciais J.S.B., foi mantida refém junto com a família por mais de 14 horas nesta