Trabalhadores em situação análoga à escravidão são resgatados de pedreira no Sul do Piauí
Publicado por: | Data: 11/06/19

Trabalhadores em situação análoga à escravidão são resgatados de pedreira no Sul do Piauí

Onze trabalhadores foram resgatados por uma equipe do Ministério do Trabalho em uma pedreira localizada na cidade de Santa Cruz do Piauí. De acordo com o MTE, os trabalhadores estavam vivendo em condições degradantes: dormiam em redes cobertas por lonas e cozinhavam em fogareiros improvisados, além de ter de fazer suas necessidades básicas na mata.

Os 11 homens trabalhavam na extração de pedras e fabricavam paralelepípedos (blocos de pedra usados em calçamentos) manualmente, usando marretas. Segundo Robson Waldeck, membro do Grupo Especial de Fiscalização Rural do Piauí, os trabalhadores foram contratados na região rural de Oeiras e Floriano. “Alguns deles estavam lá há mais de um ano”, comentou o fiscal

Trabalhadores de pedreira cozinhavam em fogareiros improvisados, na zona rural de Santa Cruz do Piauí — Foto: Divulgação/ Ministério do Trabalho

“Eles viviam lá sem nenhuma condição no tocante à segurança e saúde, e também não tinham nenhum direito trabalhista assegurado”, disse Robson Waldeck. Os trabalhadores não tinham nenhum tipo de contrato de trabalho ou equipamentos de proteção individual.

Um dos trabalhadores, que não teve o nome divulgado, havia sofrido um acidente na pedreira e foi internado em um hospital da região. A falta de condições de higiene agravou a situação. “O ferimento infeccionou, e ele corre até o risco de perder a perna”, contou Waldeck.

Trabalhadores em situação análoga à escravidão trabalhavam em pedreira em Santa Cruz do Piauí — Foto: Divulgação/ Ministério do Trabalho

O dono da pedreira, que não teve o nome divulgado, foi autuado e deve responder uma ação criminal pelo Ministério Público Federal, pelo crime de submeter alguém a trabalho em condição análoga a escravidão. A pena varia de 2 a oito anos de prisão. Uma ação civil pública também será realizada, pelo Procuradoria do Trabalho.

Os trabalhadores foram resgatados e tiveram emitidas suas guias de seguro desemprego. Eles foram levados de volta para suas cidades de origem.

Fonte: G1 Piauí


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Prefeito busca melhorias para a Saúde municipal de Vila Nova em audiência com o Secretário de Estado da Saúde

O prefeito de Vila Nova do Piauí, Edilson Edmundo de Brito, participou na manhã desta quarta-feira, 21, na capital Teresina – PI, de uma reunião com o Secretário de Estado

DESTAQUES 0 Comments

Polícia apreende 18kg de maconha avaliada em 200 mil no Piauí

Na tarde desta terça-feira (18/04), a Força Tática do 1º Batalhão da Polícia Militar (BPM), comandada pelo capitão Sousa Marques, após denúncia anônima, fez apreensão em Teresina, de 18 quilos

Vila Nova do Piauí

VILA NOVA | Escola Zacarias Manoel da Silva lança livro e realiza palestra sobre Esperança Garcia. Veja!

Em comemoração aos 17 anos de criação, a biblioteca municipal, Patativa do Assaré, em Vila Nova do Piauí, iniciou suas atividades alusivas ao aniversário desde a última segunda-feira, 03, com