Uapi ofertará mais 3 mil vagas para o curso de  Administração em 60 municípios do PI
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 17/01/18

Uapi ofertará mais 3 mil vagas para o curso de Administração em 60 municípios do PI

O Conselho do Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop) realizou, nessa segunda-feira (15), na sala de reunião da Secretaria de Estado da Assistência Social e Cidadania (Sasc), a primeira reunião ordinária de 2018. Na ocasião, os membros aprovaram o projeto de execução da segunda etapa da Universidade Aberta do Piauí (Uapi).

Proposto pela Coordenação do Programa de Educação por Meio de Mediação Tecnológica (Copemtec), o projeto trata da implantação do ensino superior em mais 60 municípios piauienses, com oferta de cursos de graduação e extensão no âmbito do Sistema Universidade Aberta do Piauí.

“É de uma significância bastante valorosa, enquanto presidente do Fecop, contribuir, de alguma forma, com a educação que pode mudar, e muito, a realidade social dos municípios e da vida de muitas pessoas”, declarou o secretário de Estado da Assistência Social, Zé Santana.

Tendo como parceiros Uespi, Seduc e Fapepi, o novo projeto ofertará mais 3 mil vagas de bacharelado em Administração em 60 polos, com  50% das vagas para ampla concorrência e 50% para alunos cotistas, considerando a lei federal 12.711, de 29 de agosto de 2012.

Fonte: CCOm   | Foto: Divulgação/Ascom

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES 0 Comments

Homem é encontrado morto em Monsenhor Hipólito

Um homem foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira, 14, na cidade de Monsenhor Hipólito. O corpo da vítima foi encontrado por populares caído na saída de Monsenhor Hipólito, próximo a ladeira

DESTAQUES

Com UBS lotada, Saúde de Picos comemora Dia Nacional de Combate à Hipertensão Arterial

A Coordenação de Prevenção e Combate à Hipertensão e Diabetes em Picos – HiperDia – realizou na manhã desta sexta-feira (26) um programa em comemoração ao Dia Nacional de Combate

DESTAQUES

Caixa pode contratar bancários sem realizar concurso público

A Caixa Econômica Federal pretende contratar funcionários temporários sem a realização de concurso público. A decisão é possível a partir de uma alteração no regulamento interno da instituição financeira. A