Acidente deixa três feridos e vítima fica presa às ferragens no Piauí
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 01/06/18

Acidente deixa três feridos e vítima fica presa às ferragens no Piauí

Três pessoas ficaram feridas em um acidente no cruzamento das avenidas Pedro Freitas com Gil Martins, no acesso à Ponte Anselmo Dias, Zona Sul de Teresina, na noite dessa quinta-feira (31). De acordo com o Corpo de Bombeiros, uma das vítimas ficou presa às ferragens de um dos dois veículos envolvidos na colisão.

O acidente aconteceu por volta das 21h dessa quinta-feira (31), o cruzamento foi interditado enquanto as equipes do Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) trabalhavam.

Uma das vítimas ficou presa às ferragens e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros)

Uma das vítimas ficou presa às ferragens e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. (Foto: Divulgação / Corpo de Bombeiros)

Segundo o Corpo de Bombeiros, as vítimas, dois homens e uma mulher, estavam conscientes e com ferimentos leves. Após o atendimento no local, elas foram levadas para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT).

A causa da colisão ainda é desconhecida e só o laudo do acidente poderá determiná-la. A Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciptran) realizou a perícia no local.

Fonte: G1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

No Piauí, mulher fica ferida após árvore cair em na sua cabeça

Uma vendedora ambulante ficou ferida após ser atingida por um árvore no Centro de Teresina. O caso aconteceu na tarde desta terça-feira (11/12). A mulher vendia água de coco próximo

NOTÍCIA DESTAQUE

21 concursos abrem inscrições segunda com salários até R$ 13 mil

Pelo menos 21 órgãos públicos abrem inscrições nesta segunda-feira (15) para concursos, com o objetivo de preencher mais de 2,8 mil vagas. As oportunidades são para todos os níveis de

NOTÍCIA DESTAQUE

Morte de jovem baleado na Copa completa 4 anos sem elucidação; ‘Esperamos justiça’, diz família

Quatro anos após a morte do estudante Ruan Pedreira, vítima de bala perdida durante festa da Copa do Mundo de 2014 em Teresina, o caso continua sem elucidação e o único suspeito