Em nota, Seduc afirma que está colaborando com trabalho da PF e CGU
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 20/03/19

Em nota, Seduc afirma que está colaborando com trabalho da PF e CGU

A Secretaria de Educação do Piauí (SEDUC) divulgou nota informando que está colaborando coma Operação Boca Livre, deflagrada nesta quarta-feira (20/03) pela Polícia Federal e a Controladoria Geral da União.

“A SEDUC esclarece que desde 2003 o repasse da merenda escolar é feito de forma descentralizada, ou seja, os recursos são enviados diretamente às escolas para que estas façam a aquisição dos alimentos, de acordo com cardápios elaborados pelas nutricionistas desta secretaria. Porém, no ano de 2014, a gestão que estava à frente desta Seduc na época, optou por centralizar o repasse e realizar licitação para aquisição dos gêneros e posterior distribuição para as escolas”, diz a nota encaminhada há pouco à Redação.

Diz ainda a secretaria que no ano de 2015, a gestão atual optou por descentralizar novamente os repasses do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). “Garantindo que as unidades escolares voltassem a ter autonomia para a compra de merenda”, explica.

Na nota, a SEDUC diz ainda que está “à total disposição dos órgãos de controle para esclarecer quaisquer questionamentos”.

SOBRE A OPERAÇÃO
A ação da PF realizada hoje no Centro Administrativo é parte do trabalho de investigação de um esquema de fraude em processo licitatório realizado pela SEDUC e a decorrente contratação, com sobrepreço, para aquisição de merenda escolar e distribuição em escolas da rede estadual de ensino.

“As investigações revelaram que um grupo de empresas atuou conjuntamente cm agentes públicos na fraude à licitação realizada pela SEDUC/PI em 2014. A fraude possibilitou o direcionamento do objeto às empresas e a contratação dos gêneros alimentícios com sobrepreço”, diz a PF em nota.

O fato é ferente a 2014, quando se identificou um prejuízo efetivo de R$ 1.751.740,61 aos cofres públicos.

Foram expedidos 12 mandados de busca e apreensão. O trabalho teve a participação de 68 policiais federais e 10 servidores da CGU. Enquanto estiveram na SEDUC, os agentes revistaram salas e coletaram documentos, em especial no Setor de Licitações da secretaria.

 

 

 

 

Fonte: 180 Graus


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Atores globais dão show de simpatia em São Raimundo Nonato

Os atores Alexandre Nero, Alice Wegmann e Gabriel Leone estão em São Raimundo Nonato gravando cenas para a nova série da Globo, “Onde nascem os Fortes”, que terá como cenário

Simões

Chuva forte alaga ruas no centro da cidade de Simões; veja fotos

Uma forte chuva registrada no início da tarde desta quinta-feira, 23, provocou alagamento em algumas ruas do centro da cidade de Simões, situada a 427 km de Teresina. Internautas enviaram

NOTÍCIA DESTAQUE

Apenas 3% dos presos não voltaram da saída do final do ano no Piauí

O Tribunal de Justiça do Piauí (TJ-PI) divulgou, nesta terça-feira (22), que dos 522 presos do Estado que receberam o benefício da saída temporária no fim do ano, apenas 15