Especialistas citam a cultura do machismo como um grande causador do feminicídio no Piauí
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 11/07/18

Especialistas citam a cultura do machismo como um grande causador do feminicídio no Piauí

O machismo mata. De fato, mulheres estão sendo mortas e com elas, sonhos também se vão, além de assolar a paz entre famílias. Na série feita pelo Piauí TV 1ª edição sobre o feminicídio, especialistas apresentam quem são os agressores, por que eles manifestam o desejo de poder sobre as vítimas a ponto de matá-las e destacam a importância de discutir a desigualdade de gênero como fator de vida e não de morte.

De acordo com a escritora e filósofa Márcia Tiburi, para muitos, a masculinidade é sinônimo de violência e que o machismo já é uma cultura construída do homem ao longo do tempo.

“A raiz do problema do feminicídio está a meu ver, numa certa compreensão de masculinidade que é introjetada pelo indivíduo, pelo cidadão comum. Então, no contexto em que esse machismo é um valor, a coisa é ainda pior, porque o próprio homem valoriza a si mesmo como um machista. Ele valoriza a ideia de masculinidade como violência, porque não se construiu uma ideia de masculinidade sem violência” explicou Márcia Tiburi.

Machismo como sinônimo de violência e um dos principais fatores para o feminicídio.  (Foto: Reprodução/TV Clube)

Machismo como sinônimo de violência e um dos principais fatores para o feminicídio. (Foto: Reprodução/TV Clube)

Segundo a delegada da mulher, Anamelka Cadena, o sentimento de poder do homem sobre a mulher também é um fator que edifica a prática do feminicídio, abrindo margem para o machismo.

“Consigo enxergar no sentido da questão patriarcal e dominadora em que os homens sempre foram criados. A gente ver um discurso de posse muito comum durante os interrogatórios, onde eles procuram legitimar essa conduta que eles praticaram mediante aquele pensamento machista e de propriedade aquela mulher”, esclareceu a delegada.

Para Eugênia Villa, subsecretária de segurança, o machismo pode ser intitulado como fator paradigmático religioso com base na história de Eva e Adão. “A caracterização da Eva é como uma mulher fatal, porque provou do conhecimento e fez o Adão provar do conhecimento. E o modelo de mulher é Maria, a virgem, a mãe. Então, isso também influência”, explicou Eugênia.

A própria língua portuguesa predomina o tratamento do homem como título universal, com o uso do artigo ‘o’, ainda de acordo com a subsecretária de segurança. “A língua é um instrumento de dominação. Então, você ver que o português privilegia e coloca como universal o masculino. Há uma sobrepujança do masculino em face do feminino”, explanou.

Durante muito tempo, no Brasil, mulheres eram mortas pelo simples fato de serem mulheres e os crimes praticados contra elas eram considerados crimes passionais, caracterizando uma diminuição do teor político, conforme Andréia Marreiros, especialistas em Direitos Humanos.

“Houve uma redução e invisibilização da relação de poder, que fazem com que os homens se sintam autorizados a matarem mulheres a partir dessa relação desigual que existe entre gênero, raça e classe”, disse Andréia.

A especialista em Direitos Humanos também enfatizou sobre a relevância da discussão e debate a respeito da desigualdade de gênero.

“É muito importante que todos e todas nós possamos falar sobre gênero, pensar sobre gênero, pensar sobre as opressões de raça e de classe. Assim como nós aprendemos por conta dessas estruturas que estão aí, a produzir práticas machistas, racistas e classistas, nós podemos também desaprender, para que a gente possa construir um mundo onde todas as pessoas possam viver com dignidade. É preciso que a gente fala de vida, ao invés de falar de morte”, concluiu Andréia Marreiros.

Fonte: G1

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Vila Nova do Piauí

Prefeitura de Vila Nova promove mutirão de documentação no dia 05 de dezembro

A Prefeitura Municipal de Vila Nova do Piauí, através da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, em parceria com a Delegacia Federal do PI e a Superintendência

Paulistana

Força Tática desmonta boca de fumo no bairro Alto Vistoso em Paulistana

Na noite dessa quinta feira (09), por volta das 19 horas, após denúncias de que um homem identificado como Adriano dos Santos Pereira, vulgo “Adriano da moto laranja”, estaria realizando

NOTÍCIA DESTAQUE

Caminhonete é levada pela correnteza de água em Picos

Os transtornos provocados pela chuva que já dura mais de 12 horas continuam a aparecer em vários pontos da cidade de Picos. Desta vez, na manhã desta sexta-feira, 22, por

NOTÍCIA DESTAQUE

Governador Wellington Dias inaugura Sala da Cidadania em Queimada Nova do Piauí

O governador Wellington Dias realizou a inauguração oficial, na tarde de sexta-feira (11), da Sala da Cidadania do município de Queimada Nova, localizado no Sudeste piauiense. Com recursos do Governo

NOTÍCIA DESTAQUE

Enfermeira posta selfie durante cirurgia e é suspensa de hospital no Piauí

Uma enfermeira do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) foi suspensa neste sábado (2) após publicar selfie durante um procedimento cirúrgico em sua conta no Instagram. Reproduções das imagens foram

NOTÍCIA DESTAQUE

Uber começa a operar em Teresina às 14h desta quinta-feira (24)

A partir das 14h desta sexta-feira (29) o serviço de transporte particular da Uber estará disponível em Teresina. A capital piauiense é a 31ª cidade no Brasil a receber o