JULHO AMARELO | CTA de Picos realiza evento de prevenção às hepatites B e C
Publicado por: Jaqueline Figueredo | Data: 25/07/19

JULHO AMARELO | CTA de Picos realiza evento de prevenção às hepatites B e C

O Centro de Testagem e Acolhimento de Picos – CTA – realizou na manhã desta quinta-feira (25), na Praça Felix Pacheco, um evento em alusão ao “Julho Amarelo”, mês em que é trabalhado o aconselhamento e testes rápidos para as hepatites B e C.

De acordo com a coordenadora do CTA, Isabel Fontes, a campanha veio com o intuito de prevenir as hepatites B e C, além de manter o controle de número das mesmas, facilitando assim o resultado com testes rápidos.

Isabel Fontes, coordenadora do CTA de Picos

“Essa campanha do ‘Julho amarelo’ é para intensificar a prevenção e controle das hepatites virais. Estamos desenvolvendo entregas de kits com preservativos, entregas de panfletos com orientações sobre essas doenças e ainda dois testes rápidos, que são para hepatite B e C, com no máximo oito minutos para que o resultado saia, e o paciente já sai com esse resultado em mãos”, disse ela.

Isabel Fontes explicou ainda a importância de se realizar o exame, em especial as pessoas que realizaram transfusão antes de 1993. Ela relata ainda alguns dos sintomas que a doença pode apresentar, mesmo sendo, em sua maioria, assintomática, pois quando apresenta algo, o nível pode estar crítico.

“A hepatite é uma inflamação do fígado. É também uma doença silenciosa, ou seja, na maioria dos casos não apresenta sintomas. E quando esses sintomas surgem, são o cansaço, fadiga, dores abdominais, febre, urina escura, fezes claras, e pele e olhos amarelados. Como é uma doença silenciosa, é preciso que as pessoas estejam constantemente fazendo a testagem para detectar. E se você não faz esse diagnóstico, ela pode evoluir e virar uma doença crônica, que não possuirá tratamento para cura, e pode desenvolver câncer e levar ao óbito. Por isso é importante essa campanha, para que as pessoas possam fazer a testagem aqui e, também, fora da campanha, no dia a dia. As pessoas que fizeram transfusão sanguínea antes de 1993 devem estar atentas a isso também, pois, naquela época, não havia triagem de exames, ou seja, as pessoas iam doar sangue e este não passagem por exames. Sabemos que as pessoas têm medo de ter um diagnóstico, mas temos sempre falado sobre isso, pois é com o diagnóstico que vamos ter a certeza da necessidade de um tratamento ou não. Mesmo com aquele preconceito e medo, estamos tendo muita aceitação por parte da população que tem nos procurado para realizarem seus exames. Muitas delas estão achando até melhor porque o teste é rápido”, explicou.

A coordenadora destacou também que houve um aumento grande dos casos neste primeiro semestre de 2019 em relação a todo o ano de 2018.

 “Houve um aumento de casos neste ano em relação ao ano passado. Somente de Hepatite B foram notificados seis casos, e da C foram dois casos. No ano passado, durante o ano inteiro, foram 4 casos de Hepatite B e três de Hepatite C. Então já pudemos comprovar esse aumento, mas devemos estar cientes de que isso se deve à ampla divulgação que temos feito de nossos serviços e da necessidade que as pessoas têm de se cuidar”.

Para a hepatite B, uma das maneiras mais eficazes de prevenção é a imunização. São três doses da vacina, que devem ser tomadas em qualquer faixa etária, iniciando na infantil. É preciso também o cuidado na preservação durante os atos sexuais, ao emprestar objetos pessoais – como copos, pratos, talheres –, em transfusão de sangue e até na inserção de piercings e tatuagens, que devem ser feitos com material esterilizado.

Francisco Antônio do Nascimento Sousa, 22 anos, auxiliar no Matadouro, participou do evento ao ouvir sobre a doença e na realização dos testes rápidos. Ele disse que é preciso estar sempre cuidando da saúde.

“Faz bem você estar frequentemente realizando esses exames para saber se está tudo ok com a saúde. É assim que a gente sabe se, porventura, foi contagiado com algo. Até mesmo para não transmitir para outras pessoas. Saúde é um bem estar que deve ser valorizada, independente de idade ou sexo”, disse ele.

O CTA funciona de segunda a sexta-feira, das 07h00 às 13h00, com exames gratuitos para Doenças e Infecções Sexualmente Transmissíveis e com sigilo absoluto. Há também atendimento médico especializado para as pessoas que, porventura, apresentaram algum tipo de doença nos exames.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Morre terceira vítima da queda de helicóptero da Globo no Recife

O operador de transmissão Miguel Brendo Pontes Simões, de 21 anos, morreu na manhã desta quinta-feira (1º), no Hospital da Restauração, na região central do Recife. Ele era o único

NOTÍCIA DESTAQUE

Recadastramento biométrico tem início em Patos do Piauí

Teve início na manhã desta segunda-feira,20, o atendimento itinerante para a revisão eleitoral com coleta de dados biométricos dos eleitores, no município de Patos do Piauí. O posto de atendimento

NOTÍCIA DESTAQUE

“Os preços tendem a subir”, diz economista sobre gasolina e gás de cozinha

A previsão econômica é de novos reajustes no preço da gasolina e gás de cozinha. A variação, que representa um aperto no orçamento das famílias brasileiras, é apontada como um