MEC cria comissão para vigiar Exame Nacional do Ensino Médio
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 20/03/19

MEC cria comissão para vigiar Exame Nacional do Ensino Médio

O Ministério da Educação (MEC) criou nesta quarta-feira uma comissão com três pessoas para avaliar as questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O grupo inclui um ex-aluno do ministro Ricardo Vélez Rodríguez e terá acesso ao ambiente de segurança máxima onde ficam as perguntas da prova para “verificar sua pertinência com a realidade social, de modo a assegurar um perfil consensual do exame”, segundo o ministério.

A comissão tem dez dias para dar um parecer e dizer que questões ficam e quais serão retiradas do maior vestibular do País. O MEC nega que se trate de censura.

Se o grupo considerar que a questão dever ser eliminada, o diretor de Avaliação da Educação Básica do Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais do MEC (Inep), Paulo Cesar Teixeira, junto com a equipe técnica especialista em exames do órgão, ainda poderá discordar. Nesse caso, o presidente do Inep, Marcus Vinícius Rodrigues, decidirá se a questão sai ou fica. Teixeira é ligado a Igreja Católica. Rodrigues foi indicação dos militares.

Os membros da comissão são Marco Antônio Barroso Faria, ex-aluno de Vélez, que é secretário de Regulação e Supervisão da Educação Superior no MEC, o representante do Inep, Antônio Maurício Castanheira das Neves e um membro da sociedade civil, Gilberto Callado de Oliveira, procurador de Justiça do Ministério Público de Santa Catarina, também indicado por Vélez.

O presidente Jair Bolsonaro já criticou algumas vezes as questões do Enem e disse que ele mesmo veria a prova antes de ser feita pelos alunos. Ele não gostou de uma pergunta no último exame que falava de um dialeto usado por transexuais.

Segundo portaria publicada hoje pelo Inep, os membros da comissão assinarão Termo de Compromisso de Confidencialidade e Sigilo sobre o que verão no ambiente seguro onde ficam as questões. Para entrar na área, que fica no prédio do Inep, é preciso passar por um scanner de corpo, deixar celulares fora e ter o nome autorizado.

O Enem será realizado neste ano nos dias 3 e 10 de novembro. No ano passado, teve cerca de 6 milhões de inscritos. A prova seleciona para vagas nas universidades púbicas e particulares do País.

 

 

 

Fonte: Estadão Conteúdo


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Parecer do MP confirma abuso de poder econômico contra padre Walmir nas eleições de Picos

A promotora eleitoral da 62ª Zona Eleitoral de Picos, Ana Cecília Ribeiro, acatou uma denúncia contra a coligação do prefeito reeleito José Walmir Lima (PT), o padre Walmir, por propaganda

NOTÍCIA DESTAQUE

Prefeita anuncia Robson Farra e Bento Miguel para o Réveillon de Fronteiras-PI

A prefeita do município de Fronteiras-PI, Maria José Ayres de Sousa – PMDB, divulgou na manhã desta quarta-feira (27/12), através do Coordenador Geral do município, Mateus Soares, as atrações que

NOTÍCIA DESTAQUE

Policiais acusados da morte de menina de 9 anos são ouvidos em audiência

Nesta terça-feira (8) o ex-soldado da Polícia Militar do Piauí Aldo Luís Barbosa Dornel e o cabo Francisco Venício Alves foram ouvidos na audiência de instrução para decidir se eles serão julgados