Prefeito cassado considera estranha a decisão do juiz de São João do Piauí
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 14/12/17

Prefeito cassado considera estranha a decisão do juiz de São João do Piauí

O prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos (PT) afirmou nesta quarta-feira (13) que recebeu com “surpresa e estranheza” a decisão da 20ª Zona Eleitoral, que cassou seu mandato e do vice Dante Ferreira Quintans (PMDB). A decisão é de hoje e nos autos, os gestores são acusados de abuso de poder econômico.

Prefeito reeleito pelo município e também atual presidente da APPM (Associação Piauiense de Municípios), Gil Carlos afirma que ele e seu vice fizeram uma eleição “transparente e em conformidade à legislação eleitoral”. Em nota ele declara ainda que “a gestão do município é reconhecida pela correta aplicação dos recursos públicos”.

Gil Carlos também é presidente da Associação Piauiense de Municípios - APPM (Foto: Portal AZ)
Gil Carlos também é presidente da Associação Piauiense de Municípios – APPM (Foto: Portal AZ)

Veja a nota na integra:

O prefeito de São João do Piauí, Gil Carlos Modesto Alves (PT), e seu vice, Dante Ferreira Quintans (PMDB) receberam com surpresa e estranheza a decisão monocrática da 20ª Zona Eleitoral. Os gestores lembram que a eleição no município foi transparente e em conformidade à legislação eleitoral. Gil Carlos afirma que a gestão do município é reconhecida pela correta aplicação dos recursos públicos, com execução de importantes obras nas mais diversas áreas ao longo de todo o mandato e que atendem às reais necessidades do município e aos anseios dos sãojoanenses.

Os gestores permanecerão no cargo assegurando a estabilidade administrativa, acreditando que a justiça será restabelecida pela estâncias superiores ao longo do processo, onde ficará comprovado a realização de obras e convênios de acordo com a legislação vigente. O prefeito Gil Carlos garante que o ritmo de trabalho na cidade de São João continuará normalmente, permitindo que o município continue sendo referência em gestão.

Entenda o caso

Por decisão da 20ª Zona Eleitoral de São João do Piauí, o prefeito do município de São João do Piauí, Gil Carlos Modesto Alves (PT), teve o mandato cassado; a decisão, tomada nesta quarta-feira (13) pelo juiz Mauricio Queiroz Machado, também atingiu o vice-prefeito da cidade, Dante Quintans (PMDB). Ambos são acusados de cometer abuso de poder econômico.

Em 2016, Gil Carlos disputou as eleições contra o candidato do PROS, Alexandre Mendonça, no entanto, a coligação ”O Poder é do Povo“ de Alexandre Mendonça entrou com duas ações contra o prefeito reeleito: uma AIJE (Ação de Investigação Judicial Eleitoral) e uma AIME (Ação de Impugnação de Mandato Eletivo), em que acusavam o candidato vitorioso de abuso de poder econômico e pediam a cassação do prefeito.

Consta nos autos do processo que os representantes da Coligação “PRA SÃO JOÃO SEGUIR EM FRENTE – PT / PMDB / PDT / PR / PMB / PTC / PV / PRP / SD“ teriam atuado no sentido da extinção do processo, ao “defenderem” a petição inicial inepta. Os representantes, no entanto, não obtiveram êxito.

Confira a matéria completa sobre o caso:

Juiz eleitoral cassa mandatos de prefeito e vice de São João do Piauí

Fonte: Portal AZ

Foto: reprodução

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Teresina

Áreas de Jaicós, Teresina e São Luís do Piauí ficarão sem energia

De acordo com calendário de manutenção programada divulgado pela Cepisa, algumas áreas dos municípios de Teresina, Jaicós e São Luís do Piauí devem ficar sem energia neste sábado (23). A

Picos

Polícia Civil identifica suspeito de assassinar homem na zona rural de Picos

A 3ª Delegacia Regional de Polícia Civil, em Picos, vem realizando investigações sobre o homicídio de José Romualdo dos Santos, 42 anos, assassinado com um disparo de arma de fogo

NOTÍCIA DESTAQUE

Apoios para o 2º turno serão definidos nesta terça

Os partidos que saíram derrotados no primeiro turno da eleição presidencial começam a definir suas posições para o segundo turno nesta terça-feira (9). As siglas vão definir se apoiarão Jair