XXII marcha Brasília em defesa dos municípios será realizada em abril
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 25/01/19

XXII marcha Brasília em defesa dos municípios será realizada em abril

As expectativas do movimento municipalista para o novo Congresso Nacional e governo federal, que completará 100 dias de gestão durante a XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, estarão no centro dos debates de um dos maiores eventos políticos do país. A união por um Brasil melhor é o tema central desta edição e deve orientar as discussões entre autoridades e mais de sete mil gestores locais. A mobilização será em Brasília, dos dias 8 a 11 de abril.
Vale destacar que, neste ano, a Marcha será realizada antes do período em que ocorre normalmente, que é em maio. Para facilitar o planejamento orçamentário e pessoal das prefeituras e câmaras de vereadores e auxiliar na organização do próprio evento, a Associação Piauiense de Municípios (APPM) e a Confederação Nacional de Municípios (CNM) aconselham aos gestores que se inscrevam com antecedência.
A Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios se firmou como a maior mobilização nacional de prefeitos, secretários, vereadores e de todo o quadro da gestão local. Em quatro dias de evento, eles apresentam as demandas da administração municipal aos Poderes Executivo, Legislativo e Judiciário federais, trocam experiências, se atualizam e se capacitam nas diversas áreas – saúde, educação, finanças, assistência social e etc.
Valores e categorias
A menos de três meses para a edição de 2019, a APPM alerta para o período de inscrições e descontos especiais para contribuintes e para quem confirmar presença nos próximos 60 dias. Prefeitos de municípios com a contribuição em dia são isentos da taxa. Vice-prefeitos, secretários, vereadores, primeiras-damas e outros agentes municipais de Entes contribuintes pagarão R$ 350 se a inscrição ocorrer até 22 de março. Depois dessa data, o valor sobe para R$ 400.
Ao Município que trouxer mais de dez participantes, será concedida isenção do pagamento para um agente municipal. Já representantes de localidades não contribuintes pagam de R$ 2.000 a R$ 3.300, de acordo com o cargo e o período da inscrição.
Fonte: Agência CNM.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Com o tema ‘Vivenciando o folclore através da leitura’, III Encontro Pedagógico é realizado em Jaicós; aulas terão início da segunda-feira (07)

A Secretaria de Educação de Jaicós promoveu, na manhã desta quarta-feira, 02, o III Encontro Pedagógico  do ano letivo, que tem como tema “Vivenciando o folclore através da leitura”. O

NOTÍCIA DESTAQUE

Agricultura de Santana do Piauí entrega kits de irrigação para produtores locais

Na manhã desta terça-feira (18) a Prefeitura de Santana do Piauí através da Secretaria Municipal de Agricultura, Meio Ambiente e Recursos Hídricos, fez a entrega de seis kits de irrigação

NOTÍCIA DESTAQUE

Sasc fará revisão de cadastros para evitar cortes do Bolsa Família

Em todo o Brasil, mais de 392 mil famílias deixarão de receber o Bolsa Família a partir deste mês de maio. No Piauí ainda não se sabe exatamente quantas deixaram