Flamengo vende Lucas Paquetá ao Milan por R$ 150 milhões
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 10/10/18

Flamengo vende Lucas Paquetá ao Milan por R$ 150 milhões

O Flamengo vendeu o meio-campista Lucas Paquetá, 21, ao Milan, da Itália, por cerca de € 35 milhões (R$ 150 milhões).

Restam exames médicos, realizados nesta quarta-feira (10), e detalhes finais para que a transação seja oficializada. Dono de 70% dos direitos econômicos do jogador, o time rubro-negro ficará com aproximadamente R$ 100 milhões na transação. O camisa 11 permanece na Gávea até o final do ano.

A transação foi inicialmente noticiada pelo canal do YouTube “Rafla Mengo”. A reportagem confirmou a informação e apurou os valores envolvidos.

Vender Paquetá era um plano da diretoria rubro-negra antes da virada do ano. A negociação do meia é importante para equilibrar o caixa e foi tratada como uma boa oportunidade em razão da idade do jogador.

A multa rescisória era de cerca de R$ 200 milhões. Desde o início, porém, os cartolas do Flamengo sabiam que era improvável negociá-lo por valor tão elevado. Era dito internamente que se uma proposta na casa dos € 30 milhões chegasse, o atleta seria vendido. O que, de fato, ocorreu.

Os representantes de Lucas Paquetá e do Flamengo já retornaram de Milão. A transferência será oficializada em breve, logo assim que os procedimentos burocráticos estiverem concluídos. Em ritmo de despedida, o último xodó da torcida tem mais dez jogos pela frente para dar adeus aos rubro-negros.

Fonte: Folha Press

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

ESPORTES

River e Altos vão conhecer os adversários na Copa do Brasil

A primeira etapa será realizada em partida única, com o mando de campo pertencente ao competidor dono de posição inferior no Ranking Nacional de Clubes. A segunda fase também será

ESPORTES

Corinthians é processado pela empresa de Ronaldo por dívida

O Corinthians está sendo processado pela 9ine, empresa do ex-jogador Ronaldo, por uma dívida de R$ 120.368,53. A empresa tem uma variedade de clientes, entre eles Anderson Silva, que foi