Servidores da educação deflagram greve geral a partir de segunda-feira
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 24/04/15

Servidores da educação deflagram greve geral a partir de segunda-feira

Os funcionários das escolas públicas estaduais decidiram em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira (24), decretar greve geral por tempo indeterminado a partir da próxima segunda-feira (27). A decisão não inclui os professores estaduais.

Eles cobram um reajuste de 13% para a categoria já a partir de maio. Segundo a presidente do SINTE-PI, professora Odeni de Jesus, a categoria está com os salários atrasados há vários anos sem que haja reajuste, além de contar outros problemas como férias não gozadas. “Na última negociação o Governo ofereceu apenas 9%”, destaca Odeni.

Para a diretora do Sinte, Antonia Ribeiro, a categoria está mobilizada e foi buscado na assembleia o consenso em relação à greve. “Sem isso, não haveria sentido o movimento. A greve se justifica porque há uma necessidade enorme de rever os planos de cargos e carreiras e os salários dos servidores”, disse a sindicalista.

Na próxima quinta-feira (30) está prevista uma nova assembleia com a categoria na Praça da Bandeira. O objetivo é discutir as propostas que forem surgindo por parte do governo do Estado. Ao todo, o Estado possui 8 mil servidores que atuam nas áreas administrativa, de serviços gerais e segurança.

 

 

Fonte: Portal o Dia

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Com dívida de R$ 2 milhões, Hemopi ameaça demitir terceirizados

Em dívida com fornecedores e até mesmo com os funcionários, o diretor administrativo do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Piauí (Hemopi), Jurandir Martins, anunciou na manhã desta sexta-feira (23)

GERAL

Fábio Abreu anuncia instalação de laboratório de DNA no Piauí

Durante abertura do I Seminário de Perícia Criminal do Estado do Piauí, o secretário da Segurança, Fábio Abreu, ressaltou a importância do trabalho da perícia e garantiu apoio à qualificação

GERAL

Salário mínimo ganha novo ajuste e vai para R$ 790 em 2015

O relator do Orçamento de 2015, senador Romero Jucá (PMDB-RR), anunciou que o valor do salário mínimo previsto para vigorar no ano que vem será arredondado para R$ 790. Até