Após empresa falir, formandos pedem dinheiro em sinal
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 06/12/18

Após empresa falir, formandos pedem dinheiro em sinal

A falência da Celebração Eventos trouxe dor de cabeça a pelo menos 108 turmas de formandos que contrataram a empresa para a realização de suas festas de formatura.

Desde então o grupo vem recorrendo à Justiça e ao poder público, que já conseguiu a convocação de uma audiência pública na Câmara de Vereadores para tratar do assunto.

Mas as contas da formatura precisam ser pagas, e para isso alguns estudantes estão até mesmo pedindo dinheiro em sinais de trânsito da capital.

Como o caso do grupo abaixo, fotografado no cruzamento das Avenidas Dom Severino e Nossa Senhora de Fátima, com cartazes que dizem: “nos ajude com qualquer quantia”; “queremos no$ formar, a empresa faliu”.

Empresa alegou inadimplência
Ao fechar as portas, a Celebração Eventos alegou que 95% dos alunos que contrataram a empresa não estavam pagando pelos serviços. Por outro lado, há casos de turma em todo Piauí que tentam reaver os valores já pagos. A empresa garantiu realizar apenas os compromissos do fim de novembro e início de dezembro.

 

 

Fonte: 180 Graus

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Ovelha nasce com patas de porco e orelhas de cachorro e intriga moradores no interior do PI

O nascimento de uma ovelha, na manhã desta terça (7), assustou moradores do Bairro Paulo IV, em Campo Maior. A ovelha nasceu deformada e com aparência que lembra animais de

POLÍCIA 0 Comments

Família de homem morto em viaduto no Piauí moverá ação após inquérito

A família do autônomo Natan Barbosa, 36  anos , morreu eletrocutado no último dia 10, ao tocar o guarda-corpo em um dos viadutos do Mafuá, em Teresina, aguarda a conclusão

GERAL

Proposta torna feminicídio crime imprescritível

A Proposta de Emenda à Constituição (PEC 75/2019) que torna imprescritível o crime de feminicídio foi apresentada pela senadora Rose de Freitas (Pode-ES). A PEC está na Comissão de Constituição,