Estradas do Piauí estão sem radar de velocidade
Publicado por: Cleilson Silva Almeida | Data: 22/02/19

Estradas do Piauí estão sem radar de velocidade

As Rodovias Federais em todo país estão sem radares de velocidade em operação há mais de um mês. O apagão atinge estradas do governo e, no Piauí,  apenas 6 radares da Polícia Rodoviária Federal continuam fazendo fiscalizações. O excesso de velocidade é uma das principais causas de morte nas rodovias federais em todo o país.

Segundo o Dnit (Departamento Nacional de Infraestruturas e Transporte), o contrato para a operação dos equipamentos venceu. Na Avenida João XXIII, na zona Leste, nas pistas laterais da BR-343, os radares fixos ou os redutores que inibem a pressa de muitos motoristas, estão apagados.

A estudante Bárbara Tuane, disse que no local já ocorre muitos acidentes e, agora, com os radares sem funcionar, o pedestre tem mais um risco. “Os sensores  inibem acidentes porque aqui fica bem próximo à Defensoria Pública e tem grande fluxo de pedestres, idosos e crianças”, salienta.

A estimativa é que cerca de dois mil radares estejam desligados no Brasil e a ausência deles não é sentida só em Teresina. Cidades no interior do Piauí como Parnaíba, Floriano e Picos também estão com os radares desativados.

O motorista Raimundo Nonato já percebeu inúmeros radares desativados nas rodovias. Ele é  favor da fiscalização. “Os radares ajudam a reduzir, controlar e respeitar o trânsito. Sei que tem muita gente que não respeita a faixa de pedestre e, quando  eles estão funcionando, o pessoal para”, acrescentou ele.

De acordo com do Dnit, órgão responsável pelas fiscalizações, uma nova licitação está em andamento e o edital prevê o monitoramento de 5.082 faixas de rodovias federais. Em relação nas BRs e PIs no Estado, procurada para esclarecer sobre a situação dos radares, a superintendência não se pronunciou.

José Alves Filho 

As multas por excesso variam de R$ 130 a R$ 880,00. Dados comprovam que 2017, só no Piauí,  a PRF emitiu 13.900 multas por esse tipo de ocorrência. Em 2018 foram 18.000 multas por velocidade acima do permitido, um aumento de 30%.

Para punir por excesso de velocidade os motoristas mais apressados, a PRF continuará realizando operações. “Os radares da PRF são aqueles que os agentes trabalham com uma pistola, que são  portáteis. A PRF possui 6 deles e continuaremos a fiscalizar as estradas com os nossos equipamentos”, afirmou o agente da PRF, Danilo Teive.

Fonte: Meio Norte


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

 

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Média de idade da Seleção cai, mas Tite cita Alves e avisa: “Não vou encerrar carreira de ninguém”

Na primeira convocação depois do título da Copa América, o técnico Tite deixou a seleção brasileira mais jovem. Enquanto o grupo que levantou o troféu no Maracanã tinha média de

GERAL

Portaria proíbe delegado de investigar autoridades no Piauí

O presidente da Federação Nacional dos Delegados, José Paulo Pires, avaliou como ilegal e inconstitucional a portaria do Delegado Geral James Guerra, que proíbe os demais delegados do Estado do

GERAL

Prorrogado o prazo para revisão cadastral do Bolsa Família

A Secretaria Municipal do Trabalho, Cidadania e de Assistência Social (Semtcas) informou que foi prorrogado até o dia 16 de janeiro o prazo para revisão cadastral do programa Bolsa família,