Funcionários denunciam comida estragada na Maternidade Dona Evangelina Rosa
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 14/03/19

Funcionários denunciam comida estragada na Maternidade Dona Evangelina Rosa

Funcionários da Maternidade Dona Evangelina Rosa denunciam nesta quarta-feira (13), ao GP1, que estão sofrendo de uma infecção gastrointestinal após ingerir almoço fornecido pela maternidade na terça-feira (12).

Segundo uma das vítimas, que não quis se identificar, todos no hospital foram acometidos pela infecção. “Aqui na maternidade Dona Evangelina Rosa está todo mundo com diarreia. Gestante, acompanhante, funcionário, residente, tudo por conta da comida que foi servida aqui ontem”, denunciou.

Ainda segundo o denunciante, a empresa terceirizada responsável pelo fornecimento de comida teria oferecido comida requentada. “Ontem a partir do almoço todo mundo começou a ficar doente. A suspeita é que a empresa responsável pelo fornecimento, estaria servindo comida requentada”, finalizou.

Outro lado

Procurada, a assessoria de comunicação da Maternidade Evangelina Rosa ficou de dar um posicionamento, o que não aconteceu até a publicação desta matéria.

 

 

 

Fonte: GP1/ *Com informações do repórter Jonas Carvalho


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Piauí recebe mais de R$ 22 milhões em investimentos para a Saúde

A rede hospitalar do Piauí vai receber investimentos no total de R$ 22.731.359,88, sendo que, aproximadamente, 98% são recursos de emendas parlamentares e os demais, R$ 504.999,52, provenientes do Ministério

Padre Marcos

Vice-governadora participa de comemorações pela emancipação política de Padre Marcos

Um encontro festivo com a comunidade marcou a missa solene em comemoração aos 54 anos de emancipação política da cidade de Padre Marcos, município distante 391 km da capital. A

GERAL

Petrobras deve voltar a fazer concursos públicos com regularidade

A Petrobras pretende voltar a realizar concursos públicos para contratação de pessoal com regularidade, possivelmente todos os anos. Foi o que afirmou nesta segunda-feira (21) o diretor executivo de Assuntos