Inscrições abertas para o Mestrado em Química da Uespi
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 11/10/18

Inscrições abertas para o Mestrado em Química da Uespi

As inscrições para o Mestrado em Química, oferecido pela universidade Estadual do Piauí (Uespi), podem ser efetuadas até o dia 26 de outubro. Serão ofertadas 12 vagas, distribuídas nas seguintes linhas de pesquisa: Química Teórica Computacional, Remediação e Tecnologias Ambientais, Química de Materiais e Bioprospecção Fitoquímica. Podem participar pessoas com formação superior em Química ou áreas afins.

O processo de seleção se dará em três etapas: prova escrita, análise de currículo e entrevista. “O Programa de Mestrado em Química está trazendo 12 vagas, com oportunidade de acrescentarmos mais 6 para candidatos classificados, dependendo da quantidade de docentes que serão convocados em 2019 para o Programa”, informa o coordenador do programa, Reginaldo Santos.

As inscrições devem ser realizadas na secretaria de Pós-Graduação em Química, situada no Núcleo de Pós-graduação (NPG) da Uespi, Campus Poeta Torquato Neto, no horário de 8h às 12h e de 13h30 às 17h.

O resultado final será divulgado até dia 17 de dezembro.

Confira:

Edital Mestrado Química 009-2018.

Anexo II

Anexo III

Mais informações no site do Programa

Fonte: Com informações do Portal do Governo

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Pio IX

Pio IX recupera mais de 90% das estradas rurais em menos de três meses

A Prefeitura de Pio IX, através da Secretaria Municipal de Obras e Urbanismo, iniciou, nesta quarta-feira (29), a recuperação da estrada que liga a cidade de Pio IX à localidade Pau

ENTRETENIMENTO

Após mortes em show, Ariana Grande suspende turnê e diz estar ‘despedaçada’

Após uma explosão que ocorreu em um dos acessos a Manchester Arena, no momento em que fãs saiam de um show da Ariana Grande na noite desta segunda-feira, a cantora

DESTAQUES

Com elevação dos rios, prefeito irá decretar estado de calamidade em Teresina

O prefeito Firmino Filho anunciou que irá decretar estado de calamidade em Teresina. A decisão se deve pela cheia do Rio Poti e das fortes chuvas que caem na cidade.