Os seis melhores smartphones de até R$ 1 mil à venda no Brasil
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 22/06/15

Os seis melhores smartphones de até R$ 1 mil à venda no Brasil

Está pensando em comprar um novo smartphone mas não quer pagar muito caro por ele? Existem aparelhos novos, com hardware atualizado e desempenho intermediário, disponíveis no mercado brasileiro custando menos de R$ 1 mil. Listamos aqui algumas das melhores opções; confira.

Moto E
O Moto E de segunda geração, lançado em 2015, é o smartphone de entrada da Motorola. Seu preço médio no mercado brasileiro é de R$ 600, mas não é raro encontrar promoções que o colocam abaixo dos R$ 500.

A segunda geração do Moto E ganhou melhorias em praticamente todos os aspectos. Comparado à primeira versão, ele tem um desempenho muito superior. Todas as ações são mais fluídas e naturais. Além disso, ele ganhou uma câmera frontal, para selfies, aprimorou a tela e até aumentou o armazenamento interno.

A versão mais básica do Moto E tem processador Snapdragon 200 quad-core rodando a 1.2 GHz; 1 GB de RAM e 8 GB de espaço interno. A versão mais completa conta com TV Digital e 16 GB de armazenamento, além de um processador melhor.

Galaxy Win 2
Se você não abre mão de ter um smartphone da Samsung, pode optar pelo Galaxy Win 2 que, apesar de ter o já cansado visual dos antigos Galaxy e ter corpo em plástico, possui um desempenho até aceitável para a sua faixa de preço.

Desta lista, ele é o único a contar com TV Digital em alta definição. Então, se você gosta de assistir TV no celular, ele é uma excelente opção. Seu processador é um Snapdragon 410 quad-core de 1.2 GHz. OGalaxy Win 2 tem 1 GB de memória RAM e 8 GB de espaço interno. Um ponto negativo a respeito deste aparelho é a sua tela, que usa um painel TFT de péssima qualidade. O preço médio no varejo brasileiro é de R$ 650, mas é possível encontrá-lo por até R$ 440 em algumas lojas.

Zenfone 5
A ASUS estreou no mercado brasileiro de smartphones com o Zenfone 5, um dos poucos celulares a usarem um processador Intel Atom. Surpreendentemente, os chips da Intel trabalham muito bem com o Android, garantindo assim um ótimo desempenho para a categoria.

Como destaques podemos citar os recursos exclusivos que a ASUS incluiu no aparelho. Por exemplo: ele permite ser controlado diretamente pelo computador, enviar arquivos e até mesmo aplicativos entre dois Zenfones e, para o seu preço, possui uma ótimo câmera de 8 MP. Como já mencionado, ele usa um processador Intel Atom, tendo opções de 1.2 e 1.6 GHz. Além disso, ele conta com 2 GB de RAM e 16 GB de espaço interno. A ASUS já garantiu a atualização para o Android 5.0 (Lollipop). Seu preço médio nas principais lojas do país é de R$ 700, mas é possível encontrá-lo por pouco menos de R$ 600.

Moto G
O Moto G é o grande queridinho dos brasileiros, não há como negar. Ele oferece o melhor custo-benefício dentre todas as opções. Ele é a versão intermediária da Motorola e está acima do Moto E, porém suas configurações de hardware não mudam muito.

O Moto G utiliza processador Snapdragon 400 quad-core com frequência de 1.2 GHz. Possui 1 GB de RAM e 16 GB de espaço interno. A câmera traseira tem 8 MP e conta com flash LED, coisa que não encontramos no Moto E. A sua tela também é maior e com mais qualidade.

Ele recebeu atualização para o Android 5.0 (Lollipop) há alguns meses. Assim, você ficará com um aparelho atualizado por mais tempo. Seu preço médio no varejo é de R$ 750, mas é possível achá-lo por R$ 670 em algumas lojas.

Lumia 640 XL
Vamos sair um pouquinho do universo Android e passear pelo Windows Phone. Para isso, escolhemos o Microsoft Lumia 640 XL, devido a sua gigantesca tela de 5,7 polegadas, maior do que a de alguns top de linha, como o Moto X e o iPhone 6 Plus. É raro encontrarmos um aparelho de tela tão grande abaixo dos R$ 1 mil.

Seu cérebro é um Qualcomm MSM8226 Snapdragon 400 com quatro núcleos. O painel é um IPS com tecnologia ClearBlack Display, que usa filtros polarizados para melhorar a visualização da tela em ambientes muito claros, tais como ao ar livre. Ele conta ainda com 1 GB de Memória Memória RAM espaço interno de 8 GB mas com expansão para até 128 GB através de um cartão MicroSD. Sua câmera traseira tem 13 MP e a frontal 5 MP, o que garante selfies com maior qualidade.

Ele já vem com o Windows Phone 8.1 e será atualizado para o Windows 10 ainda neste ano. Seu preço médio no Brasil é de R$ 900, mas podemos encontrá-lo até por R$ 750.

Galaxy A3
Se você quer um celular com aparência de top de linha, mas ainda assim gastando menos de R$ 1 mil, temos o Galaxy A3, da sul-coreana Samsung. Seu corpo é de alumínio, ele é o mais fino e também o mais leve de todos citados aqui. Seu processador também é um quad-core, sendo um Snapdragon 410 de 1.2 GHz.

O A3 conta com 1 GB de RAM e 16 GB de memória interna. O seu grande destaquem além do acabamento superior aos seus concorrentes de segmento, é a câmera frontal de 5 MP com lente grande angular, que garante capturar uma área maior nas fotografias. Sua tela de 4,5 polegadas usa painel Super AMOLED, o que dá um maior ângulo de visão e melhor leitura, mesmo sob a forte luz do sol.

Infelizmente, ele ainda está na versão 4.4 do Android e, tratando-se de Samsung, não há previsão de atualização. Seu preço médio no Brasil é de R$ 950 mas pode ser encontrado até por R$ 825 em algumas lojas.

 

Fonte: Tech Tudo

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

População do PI poderá denunciar roubo de celular através de aplicativo

O secretário de Segurança Fabio Abreu informou que estão trabalhando na criação de um aplicativo para roubo e furto, principalmente de celulares, que é a principal moeda de troca entre

‘Tudo pronto para início das aulas no Piauí’, diz Rejane ao pedir fim da greve

A secretária estadual de Educação, Rejane Dias, declarou nesta sexta-feira (19) que as escolas estão prontas para o início do ano letivo no Piauí. Ela também lamentou o impasse com

Massapê do Piauí

Motorista perde o controle e vira carro próximo a cidade de Massapê; fotos

O motorista de um carro da marca Ford, modelo não identificado, se envolveu em um acidente na noite desta segunda-feira, 24, por volta das 23h, na rodovia PI 461, que