Pai que vivia em hospital com o filho em São Paulo chega ao Piauí
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 20/06/14

Pai que vivia em hospital com o filho em São Paulo chega ao Piauí

 

Tadeu Ferreira, 69 anos, chegou por voltadas 21h30, desta quarta-feira (18) em Simplício Mendes, trazendo consigo seu filho Jivanei de Sousa Ferreira, 38 anos, que estava internado há quase quatro meses no hospital Santa Casa de Misericórdia em Barretos, interior de São Paulo.

Jivanei de Sousa Ferreira sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) após ser espancado durante um roubo em meados de maio de 2014. O caso de Jivanei teve repercussão nacional, após jornalistas tomarem conhecimento que desde o incidente o pai do jovem, Tadeu Ferreira, morava no hospital cuidando do filho.

O jovem não responde a estímulos e encontra-se em coma. Jivanei é natural da localidade Moreira, zona rural de Simplício Mendes. Ele é casado e tem dois filhos. Marcos Vinicius de cinco anos e a pequena Nayara de três meses, que Jivanei ainda não conhece.

O paciente veio da cidade de Barretos acompanhando da enfermeira Nayara Suelen e foi levado direito para o hospital Estadual José de Moura onde os familiares aguardavam a sua chegada. A enfermeira explicou para o médico plantonista Drº Zequinha e o enfermeiro Juscelino Nixon, que Jivanei sofreu duas intervenções cirúrgicas, uma craniotomia e uma pleurostomia.

A mãe de Jivanei, Neusa Maria de Sousa Ferreira (69 anos), e os irmão Gilmar de Sousa Ferreira, Vanusa de Sousa Ferreira, Luciana de Sousa Ferreira, Lusiene de Sousa Ferreira, e outros membros da família em Simplício Mendes, o aguardavam com muita ansiedade na porta do hospital. Neusa Maria de Sousa Ferreira ao ver o filho sendo retirado da ambulância se emocionou e passou mal precisando ser internada.

Transferência

A transferência de Jivanei para o Estado do Piauí só foi possível graças ao empenho do vereador De Paula, de Osasco e André Costa, presidente da Associação dos Piauienses em São Paulo. Ao saber do caso através da impressa o cantor Francis Lopes, com o seu conhecimento e prestígio, ainda no mês de maio quando soube do fato, conversou com os amigos vereador De Paula e André Costa, que se solidarizaram com a família e se dispuseram a ajudar tendo o apoio do secretário municipal de Saúde de Barretos, Neto, e de Guilherme Henrique de Ávila, prefeito da cidade.


Gilmar irmão de Jivanei no hospital em Simplício Mendes

O vereador De Paula é piauiense natural da cidade Lagoa do Sítio. Todas as despesas com a viagem, incluindo dois motoristas e uma enfermeira, foram custeadas pelo vereador e por André Costa. “Quando tomei conhecimento do fato ocorrido contra um conterrâneo piauiense, não pensei duas vezes, já fui logo me articulando para ajudar de alguma forma. E ao saber que o Jivanei é da terra do meu grande Francis Lopes me empenhei muito mais. Era o mínimo que podíamos fazer para tentar amenizar o sofrimento daquele pai levando o seu filho para ficar junto da família em nosso querido Piauí”, explicou o vereador de Barretos, De Paula.

A estadia no hospital em Barretos

Segundo Tadeu Ferreira (foto abaixo), foram dias difíceis no hospital em Barretos, vendo seu filho naquela situação, longe de casa e sem poder fazer nada para ajudá-lo. “Graças a Deus sou um homem de muita fé e consegui até agora suportar toda essa dor. Fui muito bem tratado no hospital pelas enfermeiras de maneira educada, cuidadosa e carinhosa tanto eu como meu filho. Mais eu não estava aguentando mais queria muito voltar para casa com meu filho. Quando chegou a hora de viajar para Simplício Mendes as enfermeiras foram se despedir de mim e choraram”, desabafou o pai de Jivanei.

“Agradeço de coração a todos do hospital em Barreto. Quero também fazer um agradecimento especial ao vereador De Paula e ao André Costa por trazerem meu filho para perto da mãe e dos irmãos. Em minhas orações rezarei por todos vocês”, agradeceu Tadeu Ferreira.

Tadeu Ferreira, 69 anos, chegou por voltadas 21h30, desta quarta-feira (18) em Simplício Mendes, trazendo consigo seu filho Jivanei de Sousa Ferreira, 38 anos, que estava internado há quase quatro meses no hospital Santa Casa de Misericórdia em Barretos, interior de São Paulo.

Jivanei de Sousa Ferreira sofreu um acidente vascular cerebral (AVC) após ser espancado durante um roubo em meados de maio de 2014. O caso de Jivanei teve repercussão nacional, após jornalistas tomarem conhecimento que desde o incidente o pai do jovem, Tadeu Ferreira, morava no hospital cuidando do filho.

O jovem não responde a estímulos e encontra-se em coma. Jivanei é natural da localidade Moreira, zona rural de Simplício Mendes. Ele é casado e tem dois filhos. Marcos Vinicius de cinco anos e a pequena Nayara de três meses, que Jivanei ainda não conhece.

O paciente veio da cidade de Barretos acompanhando da enfermeira Nayara Suelen e foi levado direito para o hospital Estadual José de Moura onde os familiares aguardavam a sua chegada. A enfermeira explicou para o médico plantonista Drº Zequinha e o enfermeiro Juscelino Nixon, que Jivanei sofreu duas intervenções cirúrgicas, uma craniotomia e uma pleurostomia.

A mãe de Jivanei, Neusa Maria de Sousa Ferreira (69 anos), e os irmão Gilmar de Sousa Ferreira, Vanusa de Sousa Ferreira, Luciana de Sousa Ferreira, Lusiene de Sousa Ferreira, e outros membros da família em Simplício Mendes, o aguardavam com muita ansiedade na porta do hospital. Neusa Maria de Sousa Ferreira ao ver o filho sendo retirado da ambulância se emocionou e passou mal precisando ser internada.

Transferência

A transferência de Jivanei para o Estado do Piauí só foi possível graças ao empenho do vereador De Paula, de Osasco e André Costa, presidente da Associação dos Piauienses em São Paulo. Ao saber do caso através da impressa o cantor Francis Lopes, com o seu conhecimento e prestígio, ainda no mês de maio quando soube do fato, conversou com os amigos vereador De Paula e André Costa, que se solidarizaram com a família e se dispuseram a ajudar tendo o apoio do secretário municipal de Saúde de Barretos, Neto, e de Guilherme Henrique de Ávila, prefeito da cidade.


Gilmar irmão de Jivanei no hospital em Simplício Mendes

O vereador De Paula é piauiense natural da cidade Lagoa do Sítio. Todas as despesas com a viagem, incluindo dois motoristas e uma enfermeira, foram custeadas pelo vereador e por André Costa. “Quando tomei conhecimento do fato ocorrido contra um conterrâneo piauiense, não pensei duas vezes, já fui logo me articulando para ajudar de alguma forma. E ao saber que o Jivanei é da terra do meu grande Francis Lopes me empenhei muito mais. Era o mínimo que podíamos fazer para tentar amenizar o sofrimento daquele pai levando o seu filho para ficar junto da família em nosso querido Piauí”, explicou o vereador de Barretos, De Paula.

A estadia no hospital em Barretos

Segundo Tadeu Ferreira (foto abaixo), foram dias difíceis no hospital em Barretos, vendo seu filho naquela situação, longe de casa e sem poder fazer nada para ajudá-lo. “Graças a Deus sou um homem de muita fé e consegui até agora suportar toda essa dor. Fui muito bem tratado no hospital pelas enfermeiras de maneira educada, cuidadosa e carinhosa tanto eu como meu filho. Mais eu não estava aguentando mais queria muito voltar para casa com meu filho. Quando chegou a hora de viajar para Simplício Mendes as enfermeiras foram se despedir de mim e choraram”, desabafou o pai de Jivanei.

“Agradeço de coração a todos do hospital em Barreto. Quero também fazer um agradecimento especial ao vereador De Paula e ao André Costa por trazerem meu filho para perto da mãe e dos irmãos. Em minhas orações rezarei por todos vocês”, agradeceu Tadeu Ferreira.

Matéria relacionada:
Pai deixa a cidade de Simplício Mendes para viver com o filho em hospital de São Paulo

 

Fonte: folha de sao paulo

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Estado reajusta salário de servidores, mas sobe contribuição da Previdência

Em tempos de crise nada é de graça e usando esta máxima o Governo dá com uma mão e tira com outra. Foi o que fez governador Wellington Dias (PT),

Jaicós

Jaicós, Simões e outros 20 municípios piauienses estão com alta incidência de trabalho infantil

Estudo do Ministério do De-senvolvimento Social (MDS) identificou os 22 municípios piauienses com maior incidência de trabalho infantil. Por isso, em alusão ao Dia contra o Trabalho Infantil, comemorado em

GERAL

Alepi derruba veto a reajuste de 4,5% do Ministério Público

O Plenário da Assembleia Legislativa derrubou, na terça-feira (14), o veto do governador Wellington Dias, ao Projeto de Lei 23/2018 do Ministério Público Estadual que reajusta em 4,5% os salários dos servidores