Papa recusou beijos de fiéis por “higiene”, diz Vaticano
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 28/03/19

Papa recusou beijos de fiéis por “higiene”, diz Vaticano

O Vaticano explicou nesta quinta-feira (28) que a recusa do papa Francisco em receber beijos na mão de fiéis se deveu a motivos de higiene.

Na última segunda (25), durante uma visita a Loreto, no centro-leste da Itália, o líder da Igreja Católica cumprimentou pessoas que faziam fila para vê-lo. A partir de determinado momento, no entanto, o Pontífice, visivelmente desconfortável, começa a impedir que os fiéis beijem o anel papal, chegando até a puxar a mão bruscamente Segundo o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Alessandro Gisotti, Jorge Bergoglio não queria ser um meio de contaminação.

“O motivo é muito simples: higiene. Quando há longas filas de fiéis, o Papa quer evitar riscos de contágio para as pessoas. Então não é para ele, mas para os próprios fiéis”, explicou.

“Isso não acontece quando uma ou poucas pessoas beijam sua mão, como ocorreu em situações recentes. Todos sabem como ele sente uma grande alegria ao abraçar e ser abraçado pelo povo”, acrescentou Gisotti.

Fonte: Terra


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Família é modelo de produção agrícola na região de Oeiras

Uma atitude e uma ideia mudaram a vida de uma família. Na Comunidade Boca da Vereda, localizado a 47 km da cidade de Oeiras, no Piauí, mora Luiz Costa e

GERAL

JAICÓS | Ação do Instituto Kairós orienta a população para cuidados com a saúde

Os alunos do curso Técnico em Enfermagem, do Instituto Kairós, promoveram uma manhã de atendimento ao público que visitou a feira livre da cidade de Jaicós, na última segunda-feira, 08.

GERAL

Aprovados em concursos no Piauí não são convocados dentro do prazo

No Piauí, enquanto alguns setores como educação e segurança reclamam da carência de pessoal, profissionais aprovados em concursos públicos para esses cargos, aguardam anos e não são chamados para trabalhar.