Parlamentar do PSL nega fumar maconha após divulgação de tweets
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 09/04/19

Parlamentar do PSL nega fumar maconha após divulgação de tweets

Ana Caroline Campagnolo (PSL), deputada estadual por Santa Catarina, vive uma situação delicada por conta da rede social Twitter. Vazaram publicações antigas do microblog que incitam que a parlamentar teria sido usuária de cannabis sativa no passado, o que fere o conservadorismo imposto por ela durante as eleições.

Campagnolo negou pelo Instagram. Ela também desativou sua conta no Twitter. “Brinquem à vontade, mas não esqueçam que eu fiz Proerd”, escreveu ela, se referindo a um programa de prevenção de uso de drogas da Polícia Militar.

A deputada ficou famosa no final do ano passado, após eleita, ao incitar pessoas a denunciar professores por meio do Whatsapp. Ela caçava manifestações “político-partidárias ou ideológicas” de docentes. A atitude foi entendida como “serviço ilegal de controle político-ideológico da atividade docente” por um promotor.

Recentemente, a deputada foi notícia por agredir verbalmente um jornalista que a questionava sobre a cobrança de diárias da Assembléia Legislativa de Santa Catarina.

 

 

 

Fonte: Terra


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Patos do Piauí 0 Comments

Veja a programação da Semana Santa em Patos e Jacobina do Piauí

O padre Edivaldo Santos, pároco da Paróquia de São Sebastião, divulgou a programação da Semana Santa nos municípios de Patos do Piauí e Jacobina do Piauí. As celebrações acontecem de

Alegrete do Piauí 0 Comments

Família procura por homem desaparecido há duas semanas e visto pela última vez entre Alegrete e Padre Marcos

Familiares e amigos do homem conhecido como ‘Neuton do Antista’ (das ‘Cacimbas’), estão a sua procura há mais de duas semanas. Conhecido em Alegrete após anos de serviço no ‘Balneário

GERAL

Carreta tomba e parte da BR- 316 continua interditada após 3 dias

Parte da BR-316, no km 76, continua interditada após três dias, próximo ao município de Miguel Leão, a 88 km de Teresina. Um veículo carregado com chocolate e biscoitos tombou