Picos pode integrar a Zona Franca do Semiárido
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 29/02/16
Comments 0

Picos pode integrar a Zona Franca do Semiárido

O município de Picos, a 313 Km de Teresina, está previsto para ser incluído na Zona Franca do Semiárido, área de incentivos fiscais semelhante à Zona Franca de Manaus (AM) e que usaria a ferrovia Transnordestina para exportação dos produtos da região. As informações são da Agência Câmara.

A criação da Zona Franca está sendo discutida na Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 19/11, do deputado Wilson Filho (PTB-PB). Na última sexta-feira, Filho e os deputados Manoel Junior (PMDB-PB) e Danilo Forte (PSB-CE) reuniram-se para tratar do assunto, em Icó, cidade localizada a 130 km de Juazeiro do Norte (CE).

Se aprovada, a Zona Franca do Semiárido, já aprovada na comissão especial da Câmara,  terá sede em Cajazeiras (PB) e terá atuação em uma área circular com raio de 100 quilômetros. A proposta tem o objetivo de criar uma zona de incentivos fiscais, potencializando a instalação de indústrias que poderiam produzir e exportar mercadorias para o mundo todo, aproveitando o potencial da ferrovia Transnordestina.

A Zona Franca terá atuação em uma área circular com raio de 100 quilômetros, o que incluiria polos nos municípios de Bacabeira (MA), Mossoró (RN), Picos (PI), Salgueiro  (PE), Arapiraca (AL), Itabaiana (SE), Irecê (BA) e Montes Claros (MG).

Wilson Filho afirma que a redução das desigualdades regionais é um dos princípios pelos quais se deve reger a ordem econômica. “Portanto, é primordial fomentar o desenvolvimento dessa vasta porção do Brasil, gerando emprego e renda para os que ali vivem”, disse.

O Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene) estima que o PIB per capita do Nordeste corresponde a 48% do PIB brasileiro. A renda média de um cidadão brasileiro que habita o Semiárido é de apenas 34% da nacional.

Geração de emprego

O deputado Manoel Júnior lembra que a única Zona Franca do Brasil é a de Manaus (AM). A China tem 135 zonas francas. O deputado destaca que, no Amazonas, foram criados cerca de 100 mil empregos diretos e 400 mil indiretos. “Números como estes no sertão nordestino poderiam gerar uma verdadeira revolução econômica”, disse.

Já o deputado Danilo Forte (PSB-CE) acredita que “a Zona Franca do Semiárido será um equipamento diferenciado, que poderá garantir emprego e renda, além de fixar a população do Semiárido”.

Por: Robert Pedrosa – Jornal O Dia

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

GERAL

Polícia Federal deflagra operação contra tráfico de pessoas

A Polícia Federal, em parceria com o Ministério Público do Trabalho e o Ministério Público Federal, deflagrou nesta quinta-feira, 9, em Franca, a Operação Fada Madrinha, contra o tráfico internacional

Picos

Hemocentro de Picos intensifica busca por doadores de sangue no período pré-carnaval

O Hemocentro Regional de Picos há meses vem funcionando com banco sanguíneo satisfatório. No entanto, próximo ao período de Carnaval, em que a demanda por transfusões é aumentada, a instituição

Empresário vai devolver R$ 300 mil de propina após delação premiada no Piauí

O Piauí terá o 1º caso de devolução de dinheiro público de delação premiada. Em acordo com o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), um empresário