Chegada da energia elétrica transforma a vida de famílias no interior de Belém do Piauí
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 22/07/19

Chegada da energia elétrica transforma a vida de famílias no interior de Belém do Piauí

Moradores de doze comunidades rurais do município de Belém do Piauí, que até bem pouco tempo tinham que recorrer à lamparina ou lampião para iluminar as noites, agora vivem uma nova realidade com a chegada da energia elétrica em suas casas. Os benefícios são inúmeros e têm motivado famílias a permanecerem no campo, e felizes.

A retomada do programa de universalização do acesso e uso da energia elétrica em áreas rurais, o ‘Luz Para Todos’, mudou o cenário do interior. A vegetação agora divide espaço com os postes e os fios que levam a luz que transformou a vida das pessoas. Nos quintais das casas, antenas parabólicas. No interior das residências, aparelhos eletrodomésticos que garantem uma vida mais confortável, saudável e tranquila.

 

A dona de casa Luizete Luíza de Carvalho relata duas realidades, antes e depois da energia. “Não era nada fácil. A gente sofria bastante sem energia, vivia no escuro. Agora ficou bom. Compramos geladeira e uma televisão. As outras coisas a gente já tinha antes de aparecer energia, porque a gente tinha fé de que ia chegar. O pessoal andou aqui, pegou os nomes e os documentos e prometeram que a energia vinha logo, e foi aí que nós compramos o ventilador e a sanduicheira.”, disse.

A família reside na comunidade Lagoa Grande e tinha que ir na cidade comprar alguns alimentos como a carne. “A gente tinha que ir na cidade quase todo dia, pois se comprasse tudo de uma só vez era prejuízo. Os alimentos estragava porque não tinha geladeira. Então a gente comprava só a conta. Era uma vida muito difícil, não gosto nem de lembrar, mas graças a Deus agora melhorou.”, afirma Luizete.

Raimundo Anfrísio de Carvalho, de 83 anos de idade, um dos primeiros moradores da localidade Lagoa Grande, afirma que tudo melhorou. “Chegando energia, até a saúde melhorou, pois trabalho mais pouco e escuridão agora acabou. Só fica no escuro quem não quer ascender as luzes”, disse.

Senhorzinho, como é conhecido, destacou a melhoria no abastecimento de água. “Quando eu cheguei aqui a água era carregada do rio em jumento, depois chegou os poços tubulares, que melhorou muito a nossa vida, mas só funcionavam no motor a óleo, e você sabe, a garantia não era tão grande. As vezes não queria pegar, outra vez faltava alguma peça, tinha também o gasto com combustível e sem contar que era tudo no trabalho braçal. Agora é só ligar a energia e pronto.”, disse.

Com o fim da escuridão, o casal de agricultores aposentados, José de Carvalho Neto e Marinês de Carvalho, agora tem uma programa diferente para suas as noites, sentar juntos na sala da casa e assistir televisão. Zé de Bebela, como é conhecido, lembra que a noite era só lanterna e escuridão.

Dona Marinês exibe com alegria os eletrodomésticos recém adquiridos e que tem facilitado sua vida como dona de casa, como a geladeira, utilizado principalmente para resfriar a água e conservar alimentos como frutas e carnes, e um liquidificador, que ela utiliza para fazer sucos e preparar a massa para bolos.

A aposentada Maria Jesmine de Carvalho, que por muitos anos conviveu com a escuridão, relatou que viveu momentos difíceis. “Era um sofrimento, era no facho de fogo, vela de gás, ninguém enxergava direito. Quando a lamparina apagava, ficava tudo no escuro.”, disse.

Ao acender a luz da cozinha, definiu a energia como um dos principais benefícios que já recebeu. “Pra nós aqui a primeira coisa melhor é a de Deus, depois é a energia. Ninguém tropica, nem sobe em saco ou cabaça, porque tá tudo claro. Tem a luz na casa toda, uma geladeira que a gente comprou na prestação. A primeira compra foi essa aí, que é pra gente colocar um pedacinho de carne, a água de beber.”, disse.

A dona Maria das Mercês de Carvalho Bento, que também foi contemplada com a expansão do ‘Luz para Todos’, mostra aparelhos que serão substituídos, como um ferro de passar que era aquecido pela brasa. O liquidificador manual também foi substituído pelo elétrico, tornando mais prático o trabalho no lar. A geladeira, que antes funcionava a gás, também deu lugar a uma nova, ligada na energia.

A senhora Josina, que reside na localidade Lealdade, ainda carrega consigo as lembranças de como era viver sem os benefícios da luz elétrica. Numa pequena mesa na sala da casa, uma caixa de fósforo e velas que ela fez questão acender para mostrar como era antes. “A vela tá aqui só para uma necessidade, mas quem clareia agora é a energia.”, diz, acendendo a luz da sala com um sorriso estampado no rosto, expressão de quem teve sua vida melhorada.

Prefeito Ademar (ao centro) acompanhado do vereador Luizinho (à esquerda) e do secretário Sherlyn Oliveira (à direita)

O prefeito de Belém do Piauí, Ademar Carvalho, que muito lutou pela retomada do programa ‘Luz para Todos’, hoje compartilha da alegria das famílias que tiveram suas vidas melhoradas. “A gente conhece bem a vida dessas pessoas e sabe o quanto era difícil. A energia era o que eles mais reivindicavam e era o nosso maior sonho, levar energia para todas as casas do município. Estamos perto de atingir o nosso objetivo. Belém hoje tem uma das menores taxas de domicílios sem acesso à energia, e isso é uma conquista muito grande, pois a energia traz qualidade de vida, melhora muito a vida das pessoas. Basta conversar com essas pessoas pra você sentir o quanto a vida deles mudou para melhor.”, disse.

O gestor destacou a participação do deputado federal Júlio César. “O deputado Júlio foi um dos grandes responsáveis por essa conquista. Levei até ele esse pedido e mostrei a situação em que se encontrava Belém. Ele abraçou a causa, colocou como prioridade e nós fomos atrás da retomada do programa. Hoje a gente comemora, pois a energia chegou onde ainda não tinha. Como eu tinha prometido, nós acendemos a luz e aposentamos a lamparina.”, disse.

As comunidades beneficiadas com a expansão da rede de eletrificação rural foram Beira Rio, Lagoa Grande, Jurema, Serrote, Lealdade, Realidade, Casa Nova, Juazeiro Grande, Unha de Gato, São José, Corcundo e Pajeú.

Com a chegada da energia, a Prefeitura Belém do Piauí implementou o funcionamento dos sistemas de abastecimento de água, com a substituição dos motores pelas bombas elétricas nos poços tubulares das localidades, Lagoa Grande, Pajeú, Jurema, Serrote, Lealdade, Realidade e Retiro 2.

Colaboração: Mateus Ribeiro (InfoNewss).

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

PDT de Ciro Gomes anuncia ‘apoio crítico’ para Fernando Haddad

O PDT anunciou nesta quarta-feira (10) que dará “apoio crítico’ a Fernando Haddad(PT) no segundo turno da eleição. Haddad disputará a Presidência da República com Jair Bolsonaro (PSL). A decisão foi

DESTAQUES

Décimo acusado de participar de tentativa de roubo em banco é preso

Na quinta-feira (14/03), A Polícia Civil do Piauí , através do Grupo de Repreensão ao Crime Organizado (Greco), realizou a prisão do décimo acusado de participar da tentativa de roubo

DESTAQUES

Período de inscrição para participantes do Enade já está abertas

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) divulgou na segunda=feira (19) os prazos de enquadramento e inscrições para o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade)