Alunos de Geminiano lançarão livro sobre o jornal “Corujinha” no SALIVAG em Picos
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 12/09/19

Alunos de Geminiano lançarão livro sobre o jornal “Corujinha” no SALIVAG em Picos

Alunos da Escola Estadual Pedro Evangelista Caminha, em Geminiano, através de um projeto coordenado pelo professor Ricardo de Moura Borges, vão realizar o lançamento de um livro durante o Salão de Livros do Vale do Guaribas, em Picos.

O lançamento acontece nesta sexta-feira (13), no Salão Literário, junto a diversas outras obras de escritores picoenses.

O livro, intitulado “Jornal escolar O Corujinha como ferramenta na produção do conhecimento e aprendizagem do aluno”, é resultado da experiência de produção do jornal ‘Corujinha’, projeto que tem contribuído para que os alunos possam compartilhar e adquirir conhecimento além da sala de aula.

O professor Ricardo de Moura Borges, em entrevista ao Cidades na Net, contou como nasceu a ideia do jornal. “A ideia de criar o jornal “Corujinha” surgiu da proposta das disciplinas de filosofia e sociologia na escola, que são disciplinas muito prejudicadas, por aconteceram somente uma vez por semana e terem temas muito ricos que acabam sendo extrapolados ao campo do ambiente da sala de aula. Começamos em 2015 com proposta de fanzines, que era trazer o conhecimento dos alunos, os desenhos riquíssimos que eles faziam, poesias, crônicas, histórias de vida, e fazer esse diálogo juntamente com os conhecimentos sistematizados, trazidos pelos livros didáticos” falou.

O educador conta que o jornal começou de forma tímida e depois foi ganhando força. “A partir de 2018 começamos a criar um ‘jornalzinho’, trazer os fanzines para o jornal escolar, sendo ‘A voz e a vez da escola’. O jornal ultrapassa limites, no sentido de que não somente os alunos produzem, mas toda a comunidade escolar. Começamos de forma tímida, eram no máximo 5 páginas no jornal, poucos desenhos e textos, mas hoje já estamos na 18ª edição. Aumentou o número de participantes e ele extrapolou os campos da escola, pois agora a comunidade de Geminiano também participa do nosso jornal” disse.

Ricardo de Moura ainda falou da alegria em poder participar do SALIVAG. “Temos de 8 a 10 alunos participando, cada um responsável por determinada função, um é redator, outro editor, fotografo e assim compomos o jornal “O Corujinha”. Quanto ao salão do livro de Picos é um momento muito importante de encontro de conhecimentos, diversos autores. Para nós está sendo uma alegria muito grande poder participar desse evento, pois nosso jornal ainda está no segundo ano e já tem ganhado um campo maior e somos muito agradecidos por isso” falou.

Maria Inês da Costa, diretora da Escola Estadual Pedro Evangelista Caminha, explicou sobre a contribuição dos alunos no evento. “Os alunos estão trazendo uma forma diferente de fazer um jornal escolar e o convite foi estendido para que eles pudessem palestrar. A palestra vai ser nessa sexta, a partir de 10h, com tema sobre as tecnologias, como o jornal trabalha sem a tecnologia. No mesmo dia, eles vão estar no bate papo literário, lançando o primeiro livro da escola, pegando da 1ª a 18ª edição e unificando em um livro. Jornal escolar O Corujinha como ferramenta na produção do conhecimento e aprendizagem do aluno” é o tema do livro” disse.

De acordo com Inês, os livros ficarão expostos em um estande da 9ª GRE, até o fim do SALIVAG. Os livros também serão vendidos pelo valor de 20 reais.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

Alerta! Nível de rio em Barras continua aumentando após desvio da Barragem do Bezerro

Com previsão de mais chuvas e aumento da vazão da Barragem do Bezerro, que corre risco de rompimento em José de Freitas, a situação na cidade de Barras se agravou durante

NOTÍCIA DESTAQUE

Ações do Outubro Rosa estão sendo desenvolvidas em Vera Mendes

“A gestão do prefeito Milton sempre apoiou a campanha do Outubro Rosa aqui em Vera Mendes, sempre com o objetivo de prevenir as mulheres contra o câncer do colo do

Picos

Polícia civil incinera mais de 30 quilos de drogas em Picos

Depois de uma autorização judicial a polícia civil da cidade de Picos incinerou, no último dia 09 de outubro, uma grande quantidade de drogas que já tiveram os processos julgados.