Educação de Inhuma promove capacitação para merendeiras e entrega kits de EPI
Publicado por: Willians Sousa | Data: 15/04/19

Educação de Inhuma promove capacitação para merendeiras e entrega kits de EPI

Sem medir esforços para melhorias em todas as dimensões sociais, principalmente na Educação, a Prefeitura de Inhuma, através da gestão do prefeito Silva Júnior, por meio da Secretaria Municipal de Educação, que tem a frente a secretário, Marcos Antônio, promoveu entre os dias 11 e 13 de abril, no Centro de Convivência do Idoso (CCI) uma capacitação para a 1ª Turma de Merendeiras da Rede Municipal de Ensino.

Ministrada pela instrutora, Luciana, do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (SENAR), o curso de manipulação de alimentos tem como objetivo mostrar para as merendeiras, formas corretas de produção dos alimentos escolares mantendo a higiene, conservação e armazenamento adequado.

“É um curso que oferece a oportunidade de aprender como os alimentos são ricos para nós e a higiene é fundamental para manter a salubridade […] elas aproveitaram muito bem o curso. Essa turma possui profissionais excelentes”, destacou.

Ao final do curso a merendeiras receberam um kit de Equipamentos de Proteção Individual. (EPI)

“Muito importante também elas receberem esse kit de EPI’s e trabalhar equipadas. Está muito bem organizado e as secretarias estão todas de parabéns. Com certeza o município só tem a ganhar”, acrescentou Luciana.

Para o secretário de Educação, Marcos Antônio, o prefeito Silva Júnior, não mede esforços quando o assunto é investimentos no município.

“Hoje estamos concluindo com a primeira turma. Ao final do mês teremos a segunda, e, já garantimos uma outra turma que será formada por meio de pessoas do serviço prestado. Essas duas turmas iniciais são com servidores efetivos do município. Para nós é uma grande satisfação vermos o José Airton, presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Picos e também aqui conosco o mobilizador do SENAR, Paulo Dantas, elogiando e parabenizando o prefeito por ser pioneiro e entregar os EPI’s. Então essa é uma satisfação por ter pessoas reconhecendo nosso trabalho”, pontuou o secretário.

Segundo Marcos Antônio, o cardápio da merenda escolar gera custos de cerca de R$ 40.000,00 ao mês, sendo que apenas R$ 18.000,00 chega como repasse do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação), ou seja, mais de 50% dos gastos são mantidos com recursos do município.

“Com todo esforço, mesmo com as crises o prefeito Silva Júnior tem o mérito por fazer o esforço para complementar a merenda escolar com alimentos de qualidade e quantidade suficiente para nossas crianças das escolas públicas municipais”, ressaltou.

No tocante a serviço de melhorias o secretário elencou algumas ações, desde o início do ano letivo de 2019. Marcos Antonio, destacou que no mês de fevereiro, foi realizada a Semana Pedagógica. Posteriormente foi promovida uma formação com professores e diretores das escolas públicas municipais, e, por meio da profissional Patrícia, vindo da cidade de Oeiras, foi promovida uma formação com os diretores e coordenadores pedagógicos das escolas municipais.

   


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

Alegrete do Piauí

ALEGRETE | Escola Pedro Cazé de Malhada Alta realiza atividades lúdicas ao Folclore brasileiro

A Unidade Escolar Pedro Cazé, localizada no povoado Malhada Alta, zona rural de Alegrete do Piauí, realizou durante todo o mês de agosto do corrente ano, o miniprojeto, sobre o

MUNICÍPIOS

Prefeitura de Francisco Macedo promove dia de lazer em alusão ao Dia das Crianças; veja fotos

A Prefeitura Municipal de Francisco Macedo, juntamente com a Secretaria Municipal de Assistência Social, promoveu na manhã desta quinta-feira, 26, um dia de lazer para mais de 80 crianças inscritas

MUNICÍPIOS

Defesa Civil irá selecionar pipeiros para Operação Pipa em 40 municípios Piauienses; veja!

 A Secretaria Estadual de Defesa Civil definiu o plano de ação para o abastecimento com carros-pipa em municípios que decretaram situação de emergência no estado. Ao todo, são 152 cidades