JAICÓS | CMDCA reabre inscrições para eleição de Conselheiros Tutelares
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 22/05/19

JAICÓS | CMDCA reabre inscrições para eleição de Conselheiros Tutelares

O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), de Jaicós, divulgou o edital reabrindo o período de inscrições para o processo de escolha dos novos membros do Conselho Tutelar, que atuarão no quadriênio 2020/2023.

Conforme o edital, as inscrições seguem até o dia 27 de maio, a próxima segunda-feira, e podem ser efetuadas no Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, localizado na rua Dixsepto Rosado, nº 51, Centro da cidade, no horário de 08 às 13 h.


Veja o edital: Edital Conselho de Jaicós


O candidato deverá apresentar a seguinte documentação:  Carteira de identidade ou documento equivalente; Título de eleitor, com o comprovante de votação ou justificativa nas últimas eleições; Certidões negativas cíveis e criminais; Sendo candidato do sexo masculino, certidão de quitação com as obrigações militares e comprovante de experiência ou especialização na área da infância e juventude.

Os cinco novos conselheiros serão escolhidos por meio de votação universal, direta, secreta e facultativa, que acontecerá no dia 06 de outubro, de 08 às 17h, no Conselho Tutelar do município. A posse dos eleitos e suplentes será realizada no dia 10 de janeiro de 2020.

Todos os candidatos a membro do Conselho devem preencher os seguintes requisitos:

a- Reconhecida idoneidade moral;

b- Idade igual ou superior a 21 (vinte e um) anos;

c- Residir no município há mais de 01 (um) ano;

d- Estar no gozo de seus direitos políticos;

e- Ter aprovação em avaliação com questões de múltipla escolha de caráter eliminatório, referente ao conhecimento do Estatuto da Criança e do adolescente, assim como demais legislações federal, estadual e municipal pertinente, como nota para aprovação igual ou superior a 7,0 (sete), elaborada e aplicada sob a responsabilidade da Comissão Especial prevista no art 6º. Inciso XVIII da Lei Municipal 958/2015.

f- Experiências nas áreas da promoção, proteção e defesa da criança e do adolescente de no mínimo 01 (um) ano, comprovada através de declaração emitida por entidades governamentais e não-governamentais devidamente registradas no Conselho Municipal dos Direitos da criança e do Adolescente deste município.

g- Comprovação de escolaridade de no mínimo ensino médio completo.

h- Apresentação de certidões criminais negativas junto à justiça criminal estadual.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

ENTRETENIMENTO

Luísa Sonza dá pausa na carreira para cuidar de Whindersson Nunes

A cantora Luísa Sonza, 20 anos, afirmou ontem, em suas redes sociais, que cancelou seus compromissos por cerca de um mês para passar mais tempo com o marido, o humorista

DESTAQUES

Alunos da Escolinha “Tok de Bola” recebem uniformes; Projeto social tem mudado a vida de 87 crianças em Jaicós

Para fazer a alegria da garotada, não é necessário muito. Um espaço aberto, uma bola e duas traves são o suficiente. Mas há quem sempre escolha fazer mais e investir

GERAL

Grande incêndio destrói fabrica de cachaça em Castelo do Piauí

Neste final de semana um incêndio de grandes proporções destruiu parte da fábrica de aguardente de cana Mineirinha, que fica localizado no povoado Vereda da Jurubeba, zona rural de Castelo