Com diversas atividades interativas e inclusivas, Massapê do Piauí promove “Dia D do Esporte”
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 01/11/19

Com diversas atividades interativas e inclusivas, Massapê do Piauí promove “Dia D do Esporte”

Considerando a prática esportiva como um meio de proporcionar momentos de interação, aprendizagem e diversão para as crianças e adolescentes, o município de Massapê do Piauí, promoveu nesta quinta-feira (31), o Dia D do esporte seguro e inclusivo, que contou com uma série de atividades.

O evento, que aconteceu na quadra de esporte Odair José Veloso, foi promovido pela Prefeitura Municipal, através da Comissão Intersetorial do Selo Unicef, Núcleo de Cidadania de Adolescentes (NUCA), secretarias municipais de Educação, Saúde, Esporte, Gestão, Assistência Social, escolas municipais e estaduais e Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

A realização do evento faz parte do Desafio 1 proposto pelo Selo Unicef, com o objetivo de promover o Esporte para o Desenvolvimento, um direito de todas as meninas e meninos, que, além de fazer bem à saúde, contribui para melhorar a autoestima, o equilíbrio físico e psíquico, a capacidade de interação social, a afetividade, as percepções, a expressão, o raciocínio e a criatividade.

Na abertura, Joelma Araújo, articuladora do Selo Unicef no município de Massapê do Piauí, falou do intuito do evento. “A proposta do UNICEF diante desse trabalho é destacar a importância da atividade física, tanto a atividade, o esporte, quanto a inclusão nessas atividades. O UNICEF quer que a gente inclua as pessoas com deficiência e também que tenhamos um outro olhar para o esporte, trazendo a questão da saúde, do bem estar que todos nós precisamos. O intuito é trazer desde a infância, o hábito do esporte” disse.

Ela também agradeceu o apoio das escolas e secretarias. “Quero agradecer a todos que estão envolvidos nesse dia, tanto as escolas, quanta as secretarias, que de forma intersetorial estão dando todo apoio. Muito obrigada a todos. Que possamos curtir esse dia, que foi preparado com muito carinho” destacou.

A mobilizadora de adolescentes, Lúcia Sousa, apresentou os objetivos do Unicef com a promoção do evento. “Estamos aqui hoje para desenvolver mais um desafio do NUCA, o 1, que é promover o esporte seguro e inclusivo. A proposta do Unicef é pensar no esporte como uma atividade divertida, interativa, em que todo mundo pode jogar junto. No dia D do esporte as atividades devem ser praticadas com respeito a diversidade e condições físicas e psicológicas de cada um. Agradeço a todos que contribuíram para organização desse evento” falou.

Após os pronunciamentos, as integrantes do NUCA, Ayrinanda Janielly e Milene Teles, fizeram uma explanação sobre o esporte seguro e inclusivo, destacando que a inclusão é um ato de cidadania que atinge a todos e, exige uma modificação pessoal para aceitação e compreensão das pessoas que possuem algo diferente daquilo que socialmente considera-se como padrão.

 

Em seguida, foram realizadas apresentações com alunos da creche Tia Biluca e Escola Municipal João Manoel da Costa. Os pequeninos encantaram o público com as apresentações “Fileira de Bambolês” e “Passa a bola com os pés”. Já as meninas da Escola João Manoel, fizeram uma coreografia e arrancaram aplausos do público. 

A programação seguiu com a realização de diversas atividades educativas e de inclusão esportiva, envolvendo os alunos das zonas rural e urbana, da creche Tia Biluca, Escola Municipal João Manoel da Costa. Com uma programação especial preparada para os alunos, a programação contou com atividades esportivas, jogos, brincadeiras como passar a bola, “a toca” e liga no canudo” e danças.

Na quadra, também foi montado um circuito infantil, preparado com materiais diversificados, como túneis, argolas e bambolês, onde os alunos puderam se divertir passando por cada prova proposta pelo circuito, em uma atividade que auxilia no desenvolvimento motor e corporal de cada criança, desafiadas a testar suas próprias habilidades e evoluir, promovendo também a percepção corporal em relação as suas capacidades de movimento.

Em entrevista, Mikaele da Conceição Ramos, integrante do NUCA, falou da importância do evento. “O evento está sendo muito importante, porque estamos incluindo todas as crianças do município, as que possuem algum tipo de deficiência e todos aqueles que se sentem excluídos de alguma forma. Planejamos atividades que todos pudessem participar e que fossem seguras para as crianças” falou.

No período da tarde, participaram também das atividades os alunos da Escola Estadual Rafael Manoel da Costa. Além das diversas brincadeiras, foram realizadas também partidas de futsal  nas modalidades masculina e feminina.

Mais fotos:

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

NOTÍCIA DESTAQUE

70 municípios do Piauí estão em atraso com o Garantia-Safra; veja a lista

  O Governo do Piauí já pagou a última parcela do programa Garantia Safra no último dia 10 deste mês, totalizando investimentos na ordem de R$12,5 milhões. Esta colaboração garante

NOTÍCIA DESTAQUE

Petrobras anuncia queda de 0,69% no preço da gasolina

A Petrobras anunciou que o preço médio do litro da gasolina A sem tributo nas refinarias, que entra em vigor na terça-feira, dia 7, será de R$ 1,9331, indicando declínio

Simões

Campanha Nacional de Prevenção da Gravidez na Adolescência é realizada em Simões

Na manhã desta quinta-feira, 7 de fevereiro, a equipe de Estratégia Saúde da Família – ESF Clementino Coelho/UBS Raimunda Tereza, em parceria com o NASF, realizou atividades relacionadas à  Semana Nacional