Piauí receberá 153 milhões de complementação do FUNDEB; veja por município!
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 31/03/15

Piauí receberá 153 milhões de complementação do FUNDEB; veja por município!

O demonstrativo de ajuste anual da distribuição dos recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) para o exercício de 2014 foi publicado nesta segunda-feira, 30 de março. Ele está previsto na Portaria 317/2015 do Ministério da Educação (MEC). A Confederação Nacional de Municípios (CNM) explica a importância desse demonstrativo.

Com base nele, a cada ano e sempre no início de cada exercício, é feito um ajuste com relação à apuração da receita disponibilizada pela União, Estados, Distrito Federal e Municípios ao Fundeb no exercício anterior. Isso de acordo com a arrecadação efetivamente realizada dos impostos que compõem o Fundo.

Ainda com base nesses dados, também é divulgado o ajuste anual da redistribuição da complementação da União ao Fundeb. A complementação é feita por débito ou crédito nas contas correntes específicas dos Fundos dos Estados e respectivos Municípios. No ano passado, Municípios de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí e Rio Grande do Norte receberam a complementação da União ao Fundeb.

Integralização do piso
Dessa forma, o valor da complementação da União destinado à integralização do piso salarial dos professores da educação básica corresponde a R$ 1,155 bilhão. Este foi o valor que a União indevidamente reteve do total da complementação ao Fundeb nos repasses mensais em 2014.

Se considerado somente o ajuste da complementação da União, relativo aos valores repassados em 2014, haverá débito para o Estado do Rio Grande do Norte no valor de R$ 3,7 milhões e crédito para os outros nove Estados, e os 1.757 Municípios do ajuste da complementação do Fundeb, no valor total de R$ 1,872 bilhão.

O valor mínimo nacional por aluno/ano dos anos iniciais do ensino fundamental urbano consolidado em 2014 foi de R$ 2.476,37. E ainda de acordo com os dados publicados na Portaria 317/2015, o total de receitas efetivas do Fundeb no ano passado foi de R$ 127,1 bilhões – acima do que foi observado no decorrer do ano, que foi de R$ 124,7 bilhões.

Os valores dos ajustes serão repassados até o fim do mês de abril, alerta a CNM. Portanto, os gestores municipais devem ter conhecimento dos valores de créditos ou débitos nas contas, além de reorganizarem o planejamento municipal de Educação.

Confira os valores dos ajustes para os Municípios:

 Confira aqui

Fonte: CNM

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

MUNICÍPIOS

Prefeito de Picos estabelece novos prazos para cumprir com o acordo de aumento salarial aos servidores vinculados à Administração

Com o propósito de objetivar e avançar às negociações referentes às perdas salariais, a Diretoria Executiva e Assessoria Jurídica do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Picos – SINDSERM, se reuniram

NOTÍCIA DESTAQUE

Presidente interino do FNDE é exonerado após polêmica com livros didáticos

O ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, exonerou nesta sexta (11) dez pessoas que ocupavam cargos comissionados no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), incluindo o chefe de gabinete

Simões

Em Simões, Educação diploma alunos do Projovem Campo

A  Prefeitura Municipal de Simões, através da Secretaria de Educação, realizou nesta quarta-feira (12), no auditório do CRAS, a cerimônia de encerramento do programa “ProJovem Campo – Saberes da Terra”,