Filho de capitão da Polícia Militar tem placa do carro clonada no Piauí
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 12/05/19

Filho de capitão da Polícia Militar tem placa do carro clonada no Piauí

O filho do capitão Gerson Santana, da Polícia Militar do Piauí, foi surpreendido com informações de que um carro em Teresina estava a circular na cidade com a mesma placa do seu veículo.

O jovem já vinha relatando desde o início do ano que muitas multas estavam chegando em seu endereço residencial com a placa do seu carro, mas que não reconhecia ter passado pelos lugares dos registros fotográficos.

Última sexta-feira (10), ao ser avisado mais uma vez por amigos de que o veículo havia passado em determinado lugar na zona sul de Teresina, o filho do capitão recebeu informação de quem estava a conduzir o carro.

Já no sábado (11) pela manhã, por volta das 7h30, o carro foi identificado na frente de uma residência no Bairro Macaúba, estacionado. Uma foto foi feita.

Após isso, a polícia foi acionada de forma silenciosa. O capitão Gerson Santana pediu o apoio de duas viaturas.

O suspeito, de nome Laércio Antônio da Silva Soares, foi levado para a Central de Flagrantes. Um outro homem, proprietário de uma oficina que consertava o carro que usava placa clonada, também foi conduzido para a central.

Registro da ação policial
_Registro da ação policial no bairro Macaúba…

DOCUMENTOS PERFEITOS

O que chamou atenção para o caso é que Laércio Antônio da Silva Soares estava de posse documentos no nome da vítima, perfeitos, com papel timbrado oriundo do DETRAN, o que sugere a existência de irregularidades dentro do próprio órgão estatal.

O documento do carro com placa clonada possuía inclusive o DUT (Documento Único de Transferência). Outro detalhe interessante, do que são capazes de fazer, é que o carro com a placa falsa era até coberto por seguro, tal qual o original. Ou seja, o seguro foi clonado também.

É algo extremamente organizado.

CARRO ROUBADO COM ARMA DE FOGO

Um boletim de ocorrência comprova que o carro com placa clonada foi roubado no início do ano em Teresina. A vítima que conduzia o veículo no momento do assalto narrou que foi abordado por um homem usando arma de fogo, e um outro estaria a dar cobertura em uma moto. As características do que usava a arma, no entanto, não batem com as características físicas de Laércio Soares.

Imagens feitas pela polícia mostram os dois carros após a ação policial deste sábado, já na Central de Flagrantes. O carro verdadeiro tem o reboque. As placas, no entanto, são iguais. O veículo com placa falsa foi apreendido.

O caso deve ser investigado pela Polinter.

“MOTORISTA DE UBER”

O suspeito informou que usava o veículo para trabalhar como Uber.

Há, entretanto, informações de que Laércio Soares sabia que a vítima tinha um pai Policial Militar.

Entre as explicações que terá que dar está a de quem adquiriu esse carro.

Mas a princípio, o homem conduzido para a delegacia chegou a dizer que alguém o devia uma quantia de cerca de R$ 5 mil e que o carro estaria “empenhado”, por isso o usava.

O Ford Ka roubado pertence à Locadora Unidas.

Fonte: 180

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

DESTAQUES

Jovem de 18 anos morre após colidir em animal na PI-115

Um jovem identificado por Breno Alves de 18 anos de idade morreu na tarde de quinta-feira, dia 13, após passar por cirurgia no Hospital de Urgência de Teresina (HUT). Breno,

DESTAQUES

Petrobras vai reduzir preço do gás residencial em até 12%

O Sindicato Nacional das Empresas Distribuidoras de Gás Liquefeito de Petróleo (Sindigás) informou que a Petrobras vai reduzir o preço do GLP Residencial (embalagens até 13 kg) entre 6,5% e