Diretora de escola no PI sofre socos e puxões de aluna ao cobrar fardamento
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 06/12/17

Diretora de escola no PI sofre socos e puxões de aluna ao cobrar fardamento

A diretora da Unidade Escolar Firmina Sobreira, na zona Norte de Teresina,  Marilena Maria Teixeira Silva, foi gravemente agredida por uma aluna de 16 anos. A estudante cursa o 8º ano e teria se irritado porque a direção da escola cobrou que ela não viesse mais de calça jeans e usasse o fardamento completo.

Bastante abalada, a diretora teve um ferimento na testa, sofreu puxões de cabelos, socos e quase teve um brinco arrancado da orelha.

“Ela me bateu muito, me chamou de vagabunda. Se tivesse armada teria me matado. Tô com muito medo”, Maria Marilena Teixeira.

A agressão ocorreu por volta de 9h, desta quarta-feira (06). Uma professora de Matemática socorreu a diretora após ouvir os gritos de socorro.

Um vídeo gravado por alunos mostra a aluna xingando a diretora.

A estudante suspeita da agressão foi encaminhada para a secretaria da escola. Equipes da Seduc e Polícia Militar estão no local e avaliam qual encaminhamento será dado ao caso.

Os pais da adolescente foram chamados. Há algum tempo, os responsáveis pela garota apresentaram um laudo médico atesta do que ela sofreria de depressão.

A diretora ainda chora muito ao relembrar das agressões e de que foi ameaçada de morte.  Mesmo diante da gravidade do caso, Marilena diz que “jamais vai deixar de acreditar na Educação”.

“Tenho 20 anos de magistério e há cinco sou diretora desta escola. Não sei ainda o que vou fazer. Mesmo assim, acredito que a Educação salva”, disse em lágrimas a diretora.

Um gerente regional de Educação informou que o caso está sendo acompanhado por psicólogos e assistentes sociais. O resultado da apuração será enviado ao Conselho Escolar para dar encaminhamento a garota. Ele reforça que a adolescente tem um laudo que atesta a depressão e é necessário saber se ela estava sendo devidamente acompanhada.

Essa é a terceiro caso em menos de uma semana, em que educadores são agredidos em escolas de Teresina. Na sexta-feira, um professor foi esfaqueado por repreender uma aluna que estava colando. Na segunda-feira, outro docente sofreu coronhadas de bandidos durante um assalto dentro da sala de aula.

Fonte: Cidade Verde

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA

Sete são presos no litoral em operação preventiva pelo Carnaval

A polícia Civil do Piauí deflagrou hoje uma operação nas cidades de Parnaíba e Luís Correia para o cumprimento de sete Mandados de Prisão e seis de Busca e Apreensão.

POLÍCIA

Menor é apreendido com maconha na cidade de Paulistana

Na tarde desta sexta-feira (03), por volta das 14h, uma equipe da Força Tática da Polícia Militar do município Paulistana apreendeu um menor, conhecido como Buiu R.S.N., portando duas trouxas

POLÍCIA

Comando da PM em Picos reúne comandantes de GPMs

Nesta terça-feira, dia 17, o comando do 4º Batalhão de Polícia Militar de Picos reuniu os 13 comandantes de Grupamentos de Polícia Militar – GPMs, da área referente ao 4º

POLÍCIA

Polícia descobre droga e dinamite em casa e seis são detidos no Piauí

Equipes do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (Greco) em parceria com a Polícia Militar descobriram emulsões explosivas armazenadas em uma residência na região da Santa Maria da Codipi, Zona

POLÍCIA

Dois homens são presos por tráfico de drogas em cidade do Piauí

Dois homens foram presos em Valença na noite dessa terça-feira (08) por tráfico de entorpecentes. Manoel Damerson Araújo, vulgo “Cabulosa” e Antônio Marcos foram flagrados se dispersando papelotes com maconha.

POLÍCIA

Presos arrebentam cadeados, usam cordas e tentam fugir de cadeias no Piauí

Mais duas tentativas de fuga foram registradas no sistema penitenciário do Piauí entre a noite do domingo (24) e a madrugada desta segunda-feira (25). Na casa de Custódia de Teresina