Juíza nega liberdade a envolvido na morte de segurança no Piauí
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 12/09/18

Juíza nega liberdade a envolvido na morte de segurança no Piauí

A juíza de direito Junia Maria Feitosa Bezerra Fialho, da 4ª Vara Criminal da Comarca de Teresina, negou pedido de liberdade a Wedson Gabriel de Araujo Freitas, um dos acusados do crime de latrocínio (roubo seguido de morte) contra o segurança Rubens de Amorim Pimentel. A decisão é de 27 de agosto deste ano.

Wedson foi preso em flagrante no dia 18/10/2017 por em companhia de outro indivíduo, e de um menor, ter subtraído bens da vítima, que após ter esboçado reação, foi atingida na região torácica com uma espingarda calibre 12, vinda a óbito. A prisão em flagrante foi homologada e convertida em prisão preventiva pelo juiz de direito da Central de Inquéritos em Teresina.

A magistrada destacou que “subsistem também os fundamentos da prisão preventiva, como a garantia da ordem pública, considerando a periculosidade do réu, evidenciada pela imensa e concreta gravidade do delito, uma vez que a vítima foi atingida no tórax logo depois de ter sido subtraídos os seus bens, o que demonstra a periculosidade dos acusados”.

Por fim, decidiu negar o pedido de liberdade e manter a prisão preventiva do acusado.

 

 

Fonte: GP1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA

Sejus abre inscrições para curso de inteligência

A Secretaria estadual de Justiça, através da Escola Penitenciária do Piauí, abre nesta terça-feira (24) as inscrições para o 8º Curso Básico de Inteligência Penitenciária, realizado pela Escola Nacional de

POLÍCIA

Estelionatário é preso após se passar por engenheiro civil da Eletrobras

A Polícia Civil do Estado do Piauí, através investigadores da Delegacia Geral, prendeu no final da tarde desta terça-feira (14/07), um homem identificado como Francisco de Assis Alves da Silva,

POLÍCIA

Polícia investiga se ordem de incêndio a ônibus partiu de presídio no Piauí

A Polícia Civil do Piauí está apurando se o incêndio na dessa segunda-feira (21) em zonas distintas de Teresina em três ônibus e uma caminhonete, tenha sido um ataque ordenado de