Político usou cartão do governo para pagar R$ 3 mil a prostitutas, diz polícia
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 01/04/14
Comments 0

Político usou cartão do governo para pagar R$ 3 mil a prostitutas, diz polícia

A Polícia Civil do Piauí descobriu durante a operação denominada ‘Book Eletrônico’ que um politico do estado usou um cartão corporativo, fornecido a parlamentares, no valor de R$ 3 mil para pagar um encontro com prostitutas. Durante coletiva realizada nesta terça-feira (1º), a delegada Daniela Barros não revelou o nome do político, mas confirmou que ele era cliente de Renato Rosberg, 28 anos, preso suspeito de agenciar garotas de programa pela internet em Teresina.
“Descobrimos que políticos e empresários usavam o serviço deste agenciador para terem encontros com prostitutas. Haverá outra investigação paralela porque encontramos um comprovante de pagamento no valor de R$ 3 mil, ou seja, um politico chegou a pagar esse valor em um programa usando cartão corporativo ”, revelou Daniela Barros.

A delegada Christiane Vasconcelos, titular da Delegacia de Crimes Virtuais, contou que o homem utilizava fotos de jovens universitárias com boa aparência nas redes sociais e ofertava os encontros na internet.

“Depois que o cliente via o catálogo, ele entrava em contato com Renato Rosberg que solicitava antecipadamente o pagamento de 60% ou 70% do programa. Quando o cliente escolhia a garota, o suspeito o enganava e oferecia outra mulher que não fazia parte do catálogo ofertado e, por isso, não permitia que o cliente tivesse contato com a protistuta”, explicou.

Christiane Vasconcelos disse que o agenciador realizou sete encontros em um único dia e ganhava em média R$ 700 por garota. Ela ainda não sabe quantas universitárias foram envolvidas, mas ressaltou que pelo menos 19 prostitutas participavam do esquema.

Ainda de acordo com a delegada, as investigações iniciaram em dezembro do ano passado, após uma jovem denunciar que sua foto estava sendo utilizada para exploração sexual. Renato Rosberg será indiciado pelo crime de rufianismo, quando há exploração de terceiros.

 

 

VEJA MAIS: Polícia prende suspeito de agenciar de garotas de programas na internet no Piauí

 

Fonte: G1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA

Polícia Civil abre inquérito para investigar caso de criança encontrada em presídio no Piauí

O 14º Distrito Policial, situado no município de Altos, abriu inquérito para investigar o caso da criança de 11 anos que foi encontrada em uma das celas da Colônia Agrícola

POLÍCIA 0 Comments

Taxa média de êxito da tornozeleira é de 80% no Piauí

A Central de Monitoramento Eletrônico da Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus) divulgou informações sobre o sistema de monitoramento eletrônico no Estado. De acordo com o órgão, atualmente, 329 pessoas

POLÍCIA

Policial poderá receber bônus de até R$ 1.500 por arma apreendida

O governador Wellington Dias encaminhou projeto à Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) instituindo o sistema de bônus em dinheiro aos policiais civis e militares pela apreensão de armas. De acordo