Suspeito confessa e conta detalhes sobre assassinato de amigas em Petrolina
Publicado por: Odaliana Carvalho Veloso | Data: 10/09/16
Comments 0

Suspeito confessa e conta detalhes sobre assassinato de amigas em Petrolina

Em entrevista coletiva concedida nesta sexta-feira (09/08), a Polícia de Petrolina-PE afirmou que Lucas Conceição Santos, de 38 anos, suspeito de assassinar a piauiense Bruna Torres e a amiga Taiane Rocha, ambas de 19 anos, confessou o crime. As duas foram encontradas mortas em um terreno do Distrito Industrial, Zona Oeste da cidade pernambucana. Além de Lucas, foi preso Lindolfo Nunes da Silva, de 40 anos, suspeito de participação no assassinato. As amigas foram mortas por terem reconhecido os suspeitos numa tentativa de assalto.

Os delegados Marceone Ferreira, Sara Machado e Magno Neves, responsáveis pelas investigações, informaram ainda que o crime foi premeditado, e que os dois suspeitos conheciam a rotina das vítimas.

Segundo informou o site G1/PE, as jovens saíram de casa para o trabalho no início da manhã, mas não chegaram à empresa, que acionou os familiares. Os corpos foram encontrados horas depois, próximo a uma pista de motocross. As jovens estavam nuas, e amarradas com as próprias vestes.

De acordo com a perícia, Taiane foi morta com uma perfuração e Bruna com três, todas no pescoço. Até o momento não foi comprovado se houve violência sexual.

petrolina2.png

Sobre os relatos do suspeito, que confessou o crime, a polícia acredita que eles só podem ser dados por quem de fato os cometeu. “Uma das vítimas morava na Rua 9 e o Lindolfo na Rua 7, onde é conhecido por ser usuário de drogas e pelas práticas de roubos e furtos. Ele tinha uma área de consumo e venda de drogas que era o posto de combustível, que fica a alguns metros do local do crime. Todos os dias as vítimas eram vistas por ele, fazendo aquele trajeto, no mesmo horário, indo para o trabalho”, disse a delegada à reportagem do G1/PE.

policia.png

Ao falar sobre a suspeita de premeditação, a polícia informou que Lindolfo já sabia que as jovens passariam por ali. “Segundo a versão do Lucas, eles estavam fazendo uso de drogas no posto, quando as duas vítimas atravessaram a rua. O Lindolfo já sabia o trajeto que elas faziam e disse que tinha dois celulares para ‘ganhar fácil’. Então eles seguiram o trajeto das vítimas, na frente delas para não chamar a atenção. Eles diminuíram o passo, até que as vítimas os alcançaram. Taiane foi abordada com uma faca pelo Lindolfo, que ameaçou Bruna. Ele disse que se ela corresse, mataria a amiga. E assim os dois indivíduos conseguem levar as meninas para o matagal”, detalhou a delegada.

petrolina1.png

Ainda de acordo com a reportagem, a polícia informou que a intenção dos suspeitos era a prática de crime sexual, mas eles acabaram desistindo por alguma circunstância. Os suspeitos foram localizados graças à investigação por práticas de roubos, e informações de que Lindolfo estaria realizando crimes na companhia de um foragido da polícia da Bahia. Contra Lucas, que foi preso na madrugada de quinta-feira, havia dois mandados de prisão em aberto. Com ele a polícia encontrou o celular de Taiane.

*Com informações do G1

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍCIA

Acusado de matar jornalista e corretor piauiense se casa na cadeia

Acusado de integrar o grupo que mandou matar o corretor piauiense Fábio Brasil, na Miguel Rosa, em Teresina, no início do ano de 2012, e o jornalista Décio Sá, poucos

POLÍCIA

Brasil tem um policial militar para cada 473 habitantes, aponta IBGE

Em 2013, o Brasil tinha 425.248 policiais militares, o equivalente a um policial para cada 473 habitantes, segundo dados do estudo Perfil dos Estados e dos Municípios Brasileiros 2014, divulgado

POLÍCIA 0 Comments

Professor é preso após postagens racistas no Facebook

Um professor foi preso suspeito de injúria racial nesta sexta-feira (10) em Teresina. Segundo a Polícia Civil, o homem atacava negros e índios em postagens feitas em seu perfil no