Apoio a Bolsonaro vai depender do tratamento ao Piauí, diz Iracema Portela
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 11/02/19

Apoio a Bolsonaro vai depender do tratamento ao Piauí, diz Iracema Portela

A deputada federal Iracema Portela (Progressistas) afirmou nesta segunda-feira (11), durante entrevista à TV Cidade Verde, que o apoio da bancada federal piauiense no Congresso ao presidente Jair Bolsonaro (PSL), vai depender do tratamento que ele dará ao Piauí. A parlamentar se refere principalmente as reformas que serão votadas em Brasília.

“O apoio ao governo Bolsonaro vai depender muito do tratamento que ele tenha com o Piauí. Nós estamos aguardando que ele esteja bem para que conduza esse processo”, disse ao se referir as reformas previstas para serem votadas.

Sobre a Reforma da Previdência, a deputada lembra que não existe consenso nem mesmo dentro do governo. “Consenso não existe e todos estão esperando o restabelecimento do presidente Bolsonaro para que ele venha realmente comandar todas as reformas que precisam ser feitas no país”, afirmou.

 

 

Fonte: Cidade Verde


ACOMPANHE O PORTAL NAS REDES SOCIAIS:
@cidadesnanet
Facebook.com/cidadesnanetoficial

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Wellington Dias afirma que com a crise econômica “desafios são gigantes” na educação do Piauí

O governador do Piauí, Wellington Dias, afirmou nesta segunda-feira (09), em Brasília, que os desafios da educação publica no Estado do Piauí, diante da crise econômica que o País atravessa.

POLÍTICA

Coreanos discutem investimento em energia renovável no Piauí

O presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Piauí (Fapepi), Francisco Guedes Filho, esteve reunido com representantes do Governo do Estado e da empresa coreana Worcom, que

POLÍTICA 0 Comments

Elmano diz que mantém voto contra impeachment da presidente Dilma

O senador Elmano Férrer (PTB) declarou nesta quinta-feira (28) que vai manter o voto contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff (PT). O parlamentar, em entrevista ao Jornal do