Dilma diz que nunca autorizou caixa 2 em suas campanhas eleitorais
Publicado por: Danilo Bezerra | Data: 20/04/17
Comments 0

Dilma diz que nunca autorizou caixa 2 em suas campanhas eleitorais

A assessoria de imprensa de Dilma Rousseff informou hoje (19) que a ex-presidente nunca autorizou a arrecadação de recursos por meio de caixa 2 em suas campanhas eleitorais. Ontem (18), os marqueteiros João Santana e Monica Moura disseram ter recebido dinheiro de caixa 2 para coordenar a campanha de Dilma Rousseff à Presidência da República, em 2010.

“As únicas pessoas autorizadas a captar dinheiro, em conformidade com a legislação eleitoral, foram os tesoureiros regularmente investidos dessas funções nas campanhas de 2010 e 2014”, disse a assessoria de Dilma, em nota.

A orientação de Dilma Rousseff nas duas eleições, de acordo com a assessoria, sempre foi “clara e direta, para que fosse respeitada a legislação eleitoral em todos os atos de campanha”. Segundo os assessores, Dilma nunca teve conhecimento de que suas ordens tenham sido desrespeitadas. “Todos que participaram nas instâncias de coordenação das duas campanhas sempre tiveram total ciência dessa determinação.”

Fonte: Agência Brasil

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Presidente Dilma se enrola ao tentar explicar meta do Pronatec. Veja!

Mais um discurso da presidente Dilma Rousseff (PT) ganha a atenção das redes sociais. Ontem, ao anunciar mais 15 mil novas vagas do Pronatec Aprendiz, a petista se “enrolou” para

POLÍTICA

Deputado do PSL quer proibir uso de anticoncepcionais

Eleito para o primeiro mandado de deputado federal, Márcio Labre (PSL/RJ) protocolou na secretaria da Mesa Diretora da Câmara um projeto de lei (PL) que proíbe o comércio, a propaganda

POLÍTICA

“MDB fala manso, mas firme e decidido”, dispara Marcelo Castro sobre vaga

O MDB está decidido: quer a vaga de vice na chapa majoritária governista. O espaço tem sido reivindicado pela sigla desde quando o partido decidiu se aliar administrativamente e politicamente