Elmano Férrer confirma três candidatos a senador em sua chapa
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 10/08/18

Elmano Férrer confirma três candidatos a senador em sua chapa

A chapa de Elmano Férrer (Podemos) terá três candidatos a senador. A informação foi repassada ao GP1, na noite desta quinta-feira (09), pelo próprio candidato que afirmou ter sido essa a maneira mais democrática que o grupo encontrou para que todos saíssem contemplados em seus pleitos. Quem Quem (Avante), a administradora Flávia Barbosa (PRP) e o professor Paulo Henrique (Rede) são os nomes que vão ocupar as vagas.

  • Foto: Marcelo Cardoso/GP1Elmano FérrerElmano Férrer

Férrer explicou que juridicamente a estratégia tem amparo legal e que desta maneira as arestas foram aparadas. “O Norberto Campelo que cuida da nossa assessoria jurídica além de ser secretário geral do Podemos, se debruçou sobre essa questão e constatou que seria possível termos três candidato a senador. Com isso, nossa chapa terá Avante, PRP e Rede concorrendo ao Senado”, disse o candidato ao Governo do Piauí.

Com a mudança, Elmano explicou que a coligação Resistência que conta com 8 partidos, está livre para escolher em quem votar na disputa de senador federal. “Agora cada um faz as suas escolhas. Todos têm liberdade para definir em quem votar”, completou Férrer.

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA 0 Comments

APPM e prefeitos conhecem experiência de consórcio de saúde no Ceará

A microrregião de Limoeiro do Norte, no vizinho estado do Ceará, é palco de uma experiência em saúde pública que tem dado certo. A convite do governador do Ceará, Camilo

POLÍTICA

Juntos no Karnak, Ciro e Wellington consolidam aliança PP/PT para 2018

A relação do senador Ciro Nogueira, presidente nacional do PP, com o governador Wellington Dias e líderes do PT é de tapas e beijos. Pelo menos, por enquanto, é de

POLÍTICA

Assembleia Legislativa do Piauí indenizou deputados em R$ 4,8 milhões até junho

No primeiro semestre de 2017, os deputados estaduais foram ressarcidos em R$ 4,889 milhões através da verba indenizatória na Assembleia Legislativa do Piauí. O levantamento, embasado nos balanços divulgados mês