Governo Temer fecha contas em maio com o maior défict das últimas décadas
Publicado por: Junior Oliveira | Data: 29/06/17

Governo Temer fecha contas em maio com o maior défict das últimas décadas

Após ter registrado resultado positivo em abril, as contas públicas voltaram ao vermelho. O governo central (composto por Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social) apresentou um déficit de R$ 29,7 bilhões em maio, o maior para o mês desde o início da série histórica, em 1997. Nos primeiros cinco meses do ano, o resultado acumulado é de um déficit de R$ 34,98 bilhões, também o pior resultado para o período em 21 anos.

Relatório divulgado pelo Tesouro Nacional nesta quinta-feira mostra que as receitas líquidas do governo central somaram R$ 77,7 bilhões em maio, uma queda real (descontada a inflação) de 1,6% frente ao resultado do mesmo mês em 2016. Por outro lado, as despesas dispararam 12,7% no mês, na comparação anual.

No acumulado do ano, no entanto, as despesas apresentaram uma retração, de 1,1%. O problema é que as receitas do governo estão caindo com maior intensidade: 3,3% até o mês passado.

Todas as rubricas que compõem o governo central encerraram maio no vermelho. O déficit da Previdência cresceu 42,2% em maio e fechou o mês em R$ 18 bilhões. No ano, o rombo já chega aos R$ 70 bilhões. O número representa uma alta real de 34,9% frente ao mesmo período de 2016, quando a Previdência acumulava um resultado negativo de R$ 49,7 bilhões.

O déficit do Tesouro Nacional também saltou no mês e teve uma alta de 247% frente a 2016. As contas fecharam maio com um rombo de R$ 11,23 bilhões. No ano, no entanto, o resultado é superavitário em R$ 35,4 bilhões. Já o Banco Central teve um déficit de R$ 117 milhões, praticamente estável em relação a 2016. No ano, o resultado ficou negativo em R$ 361 milhões.

Fonte: PortalClickPolítica com O GLOBO

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Dilma Rousseff toma posse de seu segundo mandato; fotos!

A presidenta Dilma Rousseff e o vice-presidente Michel Temer tomaram posse às 15h31, no plenário da Câmara dos Deputados, para o segundo mandato. Na presença dos presidentes do Congresso Nacional,

POLÍTICA 0 Comments

Afastado, Eduardo Cunha deve ir ao Conselho de Ética para se defender

O presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), deve ir ao Conselho de Ética da Casa nesta quinta-feira (19) fazer sua defesa. A sessão está prevista para começar

POLÍTICA

Deputados do Piauí condenam “boicote” a relatório de Marcelo Castro

Parlamentares do Piauí condenaram nesta terça-feira (26), a postura da Câmara Federal em levar a Reforma Política para votação em plenário sem apreciação do relatório do deputado federal Marcelo Castro,