Governo Temer fecha contas em maio com o maior défict das últimas décadas
Publicado por: Junior Oliveira | Data: 29/06/17

Governo Temer fecha contas em maio com o maior défict das últimas décadas

Após ter registrado resultado positivo em abril, as contas públicas voltaram ao vermelho. O governo central (composto por Tesouro Nacional, Banco Central e Previdência Social) apresentou um déficit de R$ 29,7 bilhões em maio, o maior para o mês desde o início da série histórica, em 1997. Nos primeiros cinco meses do ano, o resultado acumulado é de um déficit de R$ 34,98 bilhões, também o pior resultado para o período em 21 anos.

Relatório divulgado pelo Tesouro Nacional nesta quinta-feira mostra que as receitas líquidas do governo central somaram R$ 77,7 bilhões em maio, uma queda real (descontada a inflação) de 1,6% frente ao resultado do mesmo mês em 2016. Por outro lado, as despesas dispararam 12,7% no mês, na comparação anual.

No acumulado do ano, no entanto, as despesas apresentaram uma retração, de 1,1%. O problema é que as receitas do governo estão caindo com maior intensidade: 3,3% até o mês passado.

Todas as rubricas que compõem o governo central encerraram maio no vermelho. O déficit da Previdência cresceu 42,2% em maio e fechou o mês em R$ 18 bilhões. No ano, o rombo já chega aos R$ 70 bilhões. O número representa uma alta real de 34,9% frente ao mesmo período de 2016, quando a Previdência acumulava um resultado negativo de R$ 49,7 bilhões.

O déficit do Tesouro Nacional também saltou no mês e teve uma alta de 247% frente a 2016. As contas fecharam maio com um rombo de R$ 11,23 bilhões. No ano, no entanto, o resultado é superavitário em R$ 35,4 bilhões. Já o Banco Central teve um déficit de R$ 117 milhões, praticamente estável em relação a 2016. No ano, o resultado ficou negativo em R$ 361 milhões.

Fonte: PortalClickPolítica com O GLOBO

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Elmano defende novo Pacto Federativo e mais recursos para os municípios

Tema importante para o desenvolvimento do país, um novo Pacto Federativo é uma das bandeiras do candidato ao Senado, Elmano Férrer (PTB).  O ex-prefeito de Teresina ressalta a importância de

POLÍTICA

Disputa por vaga no TCE reaproxima PT e PMDB após eleição no Piauí

Os deputados do PMDB já manifestaram publicamente que o partido está se articulando para eleger o nome do substituto do conselheiro Anfrísio Lobão, que irá se aposentar após 20 anos

POLÍTICA

Silvio confirma que Marcelo Castro inicia hoje campanha com Zé Filho

O candidato a vice-governador Sílvio Mendes (PSDB), confirmou na manhã desta quinta-feira (24) que o deputado federal Marcelo Castro (PMDB), vai entrar na campanha do candidato a governador Zé Filho