Justiça Federal exclui nome de prefeito do Piauí das investigações da Operação Lava Jato
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 27/09/17

Justiça Federal exclui nome de prefeito do Piauí das investigações da Operação Lava Jato

O Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em decisão do desembargador Federal Cândido Ribeiro, excluiu o prefeito Firmino Filho das investigações da Operação Lava Jato. No despacho, ele reconheceu que Firmino não praticou crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa ou passiva, evasão de divisas, formação de organização criminosa ou quaisquer dos outros delitos investigados no âmbito da Lava Jato.

 Com respaldo do Ministério Público Federal, o TRF1 concluiu que não procedem as delações realizadas por José de Carvalho Filho e Alexandre José Lopes Barradas, em que Firmino Filho é mencionado.

“As denúncias podem apontar, no máximo, para um problema de prestação de contas de campanha, o que caracterizaria apenas ilícito eleitoral”, esclarece o advogado do prefeito, Lucas Villa.

Ele ressalta que, anteriormente, o Ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, havia acolhido pedido do então Procurador Geral da República Rodrigo Janot, que também havia declinado da competência para julgar o prefeito.

Com essa decisão, em que foi comprovado o não envolvimento do prefeito Firmino Filho nos crimes investigados na Operação Lava Jato, o processo foi encaminhado esta semana para o Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Piauí. “Resta agora apenas o prefeito esclarecer questão pontual referente à sua prestação de contas eleitoral, o que fará no momento oportuno junto ao TRE-PI”, destaca Lucas Villa.

Fonte: Cidade Verde

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

“Não quero submeter meu filho ao fracasso”, diz Bolsonaro sobre Eduardo

O presidente Jair Bolsonaro admitiu a possibilidade de desistir da nomeação de seu filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para a Embaixada do Brasil em Washington, nos Estados Unidos.

POLÍTICA

Ministro determina que PF investigue violação de dados sigilosos de Lula

O ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, determinou nesta terça-feira (18) que a Polícia Federal (PF) investigue a possibilidade de violação de sigilo legal de dados bancários da empresa LILS,

POLÍTICA

Wellington confirma parceria com Firmino para Saúde e Agespisa

Apesar do diretório estadual do PSDB negar que vai indicar nomes para pastas estaduais do governo Wellington Dias (PT), o governador eleito declarou hoje (19), durante solenidade de posse da nova