Madison diz que MDB apoia nome de Regina Sousa para o Senado Federal
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 04/07/18

Madison diz que MDB apoia nome de Regina Sousa para o Senado Federal

O deputado João Madison diz que O MDB não vê problema se o governador Wellington Dias (PT)  indicar a senadora Regina Sousa (PT) para a segunda vaga de senador na chapa majoritária. Para ele, o partido não faz exigência pelo critério de um partido por vaga.

“O MDB não vê problema.  Vemos com muita tranquilidade. Se for essa a posição do governador iremos aceitar. Se essa é a posição do governador, aceitamos. É o governador que guia essa eleição. O que ele decidir vamos apoiar”, destacou.

João Madison ainda confirmou o apoio do MDB ao nome do senador Ciro Nogueira (PP)  ao Senado. Segundo ele, há um acordo entre os dois partidos.

“O MDB tem um compromisso com o senador Ciro Nogueira. Vamos fazer o possível para ele voltar ao Senado”, afirmou.

Para o deputado, o MDB do tem uma estrategia: o nome de Themistocles para vice.

Ele diz que o partido confia no governador e deixa nas mãos de Wellington uma definição.

“Vamos esperar a posição do governador. O MDB  já tem sua posição. Sempre defendemos que todos os partidos estejam juntos para a proporcional e na majoritária vocês sabem que defendemos Themistocles Filho para  vice”, comentou.

fONTE: cidadeverde.com | Por: Lídia Brito | Foto: reprodução

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Moro confirma que 2º depoimento de Lula será presencial

O juiz Sérgio Moro decidiu nesta sexta-feira (28) que o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em um dos processos a que ainda responde, será presencial. A oitiva

POLÍTICA

Bolsonaro garante recursos para duplicações de rodovias do Piauí

O senador Elmano Férrer se reuniu, nesta quarta-feira (10), em Brasília, com o presidente Jair Bolsonaro e com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para tratar de obras

POLÍTICA

PSB e PPS anunciam início de processo de fusão

O PSB e o PPS anunciaram nesta quarta-feira, em entrevista coletiva, o início de um processo oficial de fusão entre as duas legendas. Os dirigentes dos dois partidos pretendem concluir