Regina Sousa sofre preconceito por ser mulher e racismo por ser negra, diz Assis Carvalho
Publicado por: Francieldo Araújo | Data: 27/07/18

Regina Sousa sofre preconceito por ser mulher e racismo por ser negra, diz Assis Carvalho

Desde que o nome da senadora Regina Sousa (PT) foi apontado por lideranças políticas, e mais tarde confirmado pelo governador Wellington Dias (PT), como o escolhido para ocupar a vaga de vice na chapa governista, a senadora tem sido alvo de muitas críticas, algumas até pessoais. O presidente do PT no Piauí, deputado federal Assis Carvalho, repudia as críticas e diz que Regina sofre preconceito por ser mulher e racismo por ser negra.

Para Assis Carvalho, a escolha de Wellington Dias foi sábia. “Ela é de origem popular e tem uma militância muito respeitada. É de origem negra e assumida. Claro que existem muitos preconceitos, mas é uma minoria. Sofre preconceito por ser mulher e racismo por sua origem negra”, lamentou Assis em entrevista concedida à TV Cidade Verde na última quinta-feira (27/07).

Contudo, o deputado federal afirma que Regina só tende a agregar ainda mais à chapa de Wellington Dias. “Ela qualifica a chapa encabeçada por Wellington Dias exatamente por essa condição [de ser mulher, negra e militante]. Ela tem uma origem ligada a um meio muito popular. Está saindo umas fake news porque infelizmente temos muito machismo no Piauí. Muita gente preconceituosa”, ressaltou Assis Carvalho.

REGINA NA VICE
Após o MDB anunciar há um semana que a senadora Regina Sousa (PT) foi a escolhida pelo governador Wellington Dias (PT) para ocupar a vaga de vice em sua chapa majoritária, é a vez do próprio chefe do executivo estadual confirmar a informação.  Segundo o petista, a escolha não foi fácil e precisou de muito diálogo para convencê-la da ideia.

Senadora Regina Sousa em manifestação contra reformas (Foto: Margella Furtado/ OitoMeia)

O anúncio foi feito durante a solenidade de entrega da nova sede do PRB no Piauí, partido que pleiteava a vaga de segundo senador na chapa de Dias para Frank Aguiar, mas que teve, após o áudio do cantor piauiense vazado nas redes sociais, suas chances zeradas. Durante o encontro, Wellington teceu elogios a senadora em uma tentativa de explicar à população o que o levou a tomar aquela decisão.

“É alguém que sai de quebradeira de coco para professora de Francês na Universidade Federal do Piauí. Alguém que foi provavelmente umas das melhores presidentes de Sindicatos dos Bancários do Piauí. Uma técnica executiva da escola do Banco do Brasil, hoje aposentada com 68 anos. Alguém que foi provavelmente uma das melhores secretárias de Administração da história do Piauí. Uma das melhores e mais atuantes senadoras da República”, descreveu Dias em entrevista à TV Cidade Verde ao se referir a senadora Regina Sousa.

Fonte: Oito Meia

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Bancada de Wellington Dias na Assembleia deve aumentar

A bancada de apoio ao governador Wellington Dias (PT-PI) na Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi) deve aumentar de tamanho e saltar de 24 para 26 deputados estaduais. Isso porque, dois

POLÍTICA

Wellington Dias debate sobre dívida dos estados com o presidente da Câmara

O governador Wellington Dias esteve, nesta quarta-feira (7), em audiência com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, em Brasília. O parlamentar manifestou novamente a sua posição de apoio

POLÍTICA 0 Comments

Lula lidera corrida para 2018, mas perderia no 2º turno

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera a corrida pela presidência em 2018, mas o petista não venceria as eleições no segundo turno, de acordo com uma pesquisa publicada