W. Dias é cotado pela cúpula do PT para disputar contra Bolsonaro em 2022
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 02/12/19

W. Dias é cotado pela cúpula do PT para disputar contra Bolsonaro em 2022

O deputado federal Vicente Paulo, o Vicentinho (PT-SP), que está em Teresina para receber título de Cidadania Piauiense na Assembleia Legislativa, declarou em entrevista ao Oito Meia que o nome do governador Wellington Dias (PT) é um dos discutidos para uma possível disputa contra a reeleição do presidente da República Jair Bolsonaro (PSL) na eleição de 2022.

Perguntado pelo Oito Meia sobre como avalia o nome do governador piauiense e se há essa discussão nas instâncias nacionais do PT, ele foi enfático: “(Para 2022) Gostaria muito que fosse o Lula, mas prenderam ele e não sabemos como vai ser no futuro. Mas o Wellington não só pode (ser o candidato do PT), como é muito querido. Todos nós do PT no Brasil inteiro somos apaixonados pelo Wellington Dias. Pessoas do PT de todos os estados adoram ele. Mas é importante destacar que temos no PT ainda o Rui Costa (governador da Bahia), o próprio Fernando Hadad (que foi candidato em 2018)… no momento certo, haverá uma definição”, pontuou Vicentinho.

Deputado federal Vicente Paulo (Foto: Allisson Paixão/OitoMeia)

A solenidade em homenagem a Vicentinho foi proposta pelo deputado estadual Franze. Na oportunidade, diversas personalidades do estado, sobretudo do governo do Estado se fizeram presentes, como a vice-governadora Regina Sousa (PT). Em seu discurso, Vicentinho criticou o atual Governo Federal, disse que Bolsonaro e sua política são de “desconstrução” e exaltou a época em que Luís Inácio Lula da Silva era o presidente do Brasil. O título de cidadania piauiense foi entregue das mãos do presidente da Alepi deputado Themístocles Filho.

Fonte: Oito Meia

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Após admitir falhas, esquerda quer evitar ser refém da pauta econômica

Num primeiro semestre para ser esquecido, a esquerda enfrentou divisões, dificuldade de mobilização e não conseguiu escapar da pauta por vezes caótica ditada pelo governo Jair Bolsonaro. Terminou com uma

POLÍTICA 0 Comments

Cruzamento de folha com inativos constata rombo de R$ 17 milhões

Em um cruzamento de dados entre servidores ativos e os que já faleceram, foi constatado um rombo de R$ 17 milhões aos cofres do estado sacados indevidamente por familiares. Foi

POLÍTICA

Merlong Solano é cotado para assumir a Secretaria de Administração

Os entendimentos para que o atual secretário de Governo, Merlong Solano (PT-PI), venha a ocupar a pasta da Administração, estão a pleno vapor. O governador Wellington Dias (PT-PI) tem afirmado