“Wellington se tornou refém de Ciro Nogueira”, diz Rubem Martins
Publicado por: Josely Carvalho | Data: 06/12/17

“Wellington se tornou refém de Ciro Nogueira”, diz Rubem Martins

O deputado estadual Rubem Martins (PSB) avalia que o governo de Wellington Dias (PT) tem se tornado refém do Partido Progressista (PP). Rubem afirma que se não fosse o apoio do presidente nacional do PP, senador Ciro Nogueira, a situação financeira do estado estaria um caos, com os salários dos servidores atrasados.

Segundo ele, o evento de filiação de 19 prefeitos ao PP, mostra a força de Ciro e reforça a dependência de Wellington com relação ao progressista.  “O PT é refém dos Progressistas.

Rubem Martins afirma que governo virou refém de Ciro (Foto:JailsonSares/PoliticaDinamica.com)

Se não fosse Ciro, o barco do governo no Piauí já teria afundado, já estaria sem dinheiro, atrasando a folha. O governador pegou R$ 307 milhões do financiamento do empréstimo, gastou a maior parte sem fazer as obras da planilha da Caixa Econômica e isso vai levar a uma situação de dependência maior em relação ao Ciro Nogueira”, declarou.

Rubem Martins afirma que a dependência a Ciro faz com o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Themístocles Filho, se torne um “problema” para Themístocles. “O crescimento do PP fragilizou o PMDB na base. O Themístocles se tornou um problema para o governador fechar o grupo. Pela força demonstrada pelo PP, eles devem continuar com a vaga de vice”, declarou.

Fonte: Política Dinâmica

Foto destaque: reprodução

sobre o autor

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Instituto BrVox divulga nova pesquisa para governador; veja números

 Publicada nova pesquisa eleitoral BrVox. Desta vez feita na cidade de Parnaíba, terra de dois dos pré-candidatos a governador, o ex-senador e ex-governador Mão Santa (PSC) e o atual governador

POLÍTICA 0 Comments

Zé Filho anula decreto de Wilson Martins nomeando defensores públicos

O governador Zé Filho anulou decreto, sem número, do ex-governador Wilson Martins que nomeou, no último dia 3 de abril, 14 novos defensores públicos do concurso realizado no ano de

POLÍTICA

Secretário admite dívida milionária e vê regionalização da saúde como solução

O secretário estadual da Saúde, Francisco Costa, admitiu no Jornal Cidade Verde desta sexta-feira (6) que a dívida da pasta é muito maior do que se especula e apontou a