Wilson nega briga com Átila e Heráclito e admite mudanças
Publicado por: Junior Oliveira | Data: 12/08/17

Wilson nega briga com Átila e Heráclito e admite mudanças

O ex-governador Wilson Nunes Martins afirmou ao GP1, nesta sexta-feira (11), que não existe briga ou incômodos entre o PSB do Piauí com os deputados federais Heráclito Fortes e Átila Lira que estão em rota de colisão com a executiva nacional do partido. O ex-governador explicou que todos estão irmanados, independente da permanência ou não dos dois no Partido Socialista Brasileiro.

Wilson chegou a declarar que se houver a necessidade de mudança de legenda ela será feita e avisou que ocorrerá sem o menor risco de causar prejuízos a boa convivência entre as partes.

“Não há briga e nem confusão da nossa parte com os deputados Átila e Heráclito. As arestas com a executiva nacional não vão prejudicar o nosso bom relacionamento. Independente de ficar em partidos, de sair de partido, nós estamos irmanados em prol de projeto maior que é apresentar alternativas de poder para a sociedade e contrapor o Governo do PT. Se nesse processo verificarmos que será preciso mudar de partido para fortalecer nosso projeto, isso será feito sem prejuízos, sem brigas, tudo em consenso, pois formamos um partidão”, adiantou Martins.

                                                                                                                                                                                     Foto: Divulgação

Wilson com os deputados Rodrigo Martins, Átila Lira e Heráclito Fortes Wilson com os deputados Rodrigo Martins, Átila Lira e Heráclito Fortes

À nossa reportagem, o ex-governador adiantou que esse pensamento foi reafirmado durante reunião em Brasília com a bancada piauiense de deputados federais do PSB. “Estamos em total harmonia, não tem confusão. Isso que falei foi todo reafirmado ontem quando estivemos reunidos. A certeza que nós temos é que a oposição sairá vitoriosa nas eleições de 2018. O povo quer mudança e vamos apresentá-la”, garantiu.

O impasse

Heráclito Fortes e Átila Lira estão na mira do PSB nacional, isso porque a executiva central decidiu sair da base do Governo Michel Temer (PMDB), mas os dois piauienses seguiram alinhados ao Governo Federal.

Fonte: GP1

DEIXE UM COMENTÁRIO


POSTS RELACIONADOS

POLÍTICA

Themístocles discorda de governador sobre postura junto ao governo Michel Temer

O presidente da Assembleia Legislativa do Piauí (Alepi), Themístocles Filho (PMDB), saiu em defesa do presidente Michel Temer e discordou da forma como o governador Wellington Dias (PT) está conduzindo



POLÍTICA

Queda no FPE leva Estado a mais corte de gastos

No mês de março, o governo do Piauí deve adotar mais medidas para reduzir as despesas com a máquina administrativa e conseguir manter o equilíbrio financeiro do Estado. É que



POLÍTICA

Por 14 votos a 5, comissão especial recomenda que Dilma seja julgada

Em uma sessão marcada pelo embate entre governistas e oposicionistas, integrantes da Comissão Especial de Impeachment aprovaram, por 14 votos favoráveis e 4 contrários, o relatório do senador Antonio Anastasia



POLÍTICA

STJ confirma condenação de Bolsonaro por danos morais a Maria do Rosário

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) manteve, por unanimidade, decisão da primeira instância que condenou o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) a pagar R$ 10 mil de indenização



POLÍTICA

Assembleia Legislativa do Piauí indenizou deputados em R$ 4,8 milhões até junho

No primeiro semestre de 2017, os deputados estaduais foram ressarcidos em R$ 4,889 milhões através da verba indenizatória na Assembleia Legislativa do Piauí. O levantamento, embasado nos balanços divulgados mês



Picos

Carlos Luís retorna à Câmara de Picos após anunciar afastamento

Quinze dias após anunciar da tribuna que estava se afastando do mandato para tratamento de saúde, o vereador Carlos Luís Nunes de Barros (PSDB) recuou. Ele desistiu da ideia e